Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



segunda-feira, 29 de junho de 2009

30ª Corrida das Fogueiras.

Lado esquerdo em cima: levantamento do dorsal.
Lado esquerdo em baixo: eu e a Vitória.
Lado direito em cima: a zona de partida da prova (horas antes).
Lado direito ao meio: a família do corredor.
Lado direito em baixo: eu com o Carlos Lopes na zona de partida.
[clicar na imagem para ver melhor]

Na noite do passado sábado disputou-se a 30ª Corrida das Fogueiras, prova organizada pelo Município de Peniche.
A prova teve um número recorde de 1762 atletas classificados na meta, dos quais 1589 homens e 173 senhoras, respectivamente, 90,2% e 9,8% do número total.
Os mais rápidos foram, em masculinos, Daniel Martins (Núcleo Sportinguista da Lourinhã) com o tempo de 49'42'', e, em femininos, Chantal Xhervelle (Casa P Liberty Seguros) com o tempo de 1h02'48''.
Como complemento da prova principal com os habituais 15 km disputou-se também uma prova sem carácter competitivo com 6 km, este ano em 9ª edição, a Corrida das Fogueirinhas, a qual registou uma forte participação.
O Largo da Ribeira Velha como habitualmente foi o local de partida e de chegada das 2 provas (Fogueiras e Fogueirinhas).

Foi a minha 4ª participação nas "fogueiras" (2003, 2007, 2008 e 2009) tendo demorado desta vez 1h09'49'' (média de 4'39'' por km) a completar a distância.
Classifiquei-me no lugar 515 da geral e no meu escalão, M45, ocupei o 75º lugar (escalão em que terminaram 244 atletas).

As minhas "Fogueiras 2009":
Chegámos por volta da hora de almoço a Peniche, hora a que eram poucas as pessoas que procediam ao levantamento dos dorsais pelo que nos despachámos rápido desse processo e fomos almoçar…o vento que se fazia sentir era já um forte indicador de que a prova não ia ser fácil.
Passámos a tarde com a Vitória nas piscinas do hotel em que ficámos alojados, tarde que esteve apesar do vento bastante agradável.
À hora que saímos do hotel para irmos para o local da prova (pouco depois das oito e meia da noite) começou a chuviscar mas parou quase de seguida, o vento esse continuava a fazer-se sentir fortemente presente.
Logo à chegada encontrei o Carlos Lopes, mais tarde depois de tirar umas fotos com a Isabel e a Vitória dirigi-me para a zona de partida e reencontrei o Carlos tendo ficado por ali até à partida da prova.
À distância ainda consegui ver o Joaquim Adelino e os seus acompanhantes familiares (Daniel e Hugo)…
Pouco depois era dada a partida da prova, 15 quilómetros de puro prazer de correr, os metros iniciais ainda com os foguetes a estalarem no ar, os passeios apinhados de pessoas, os incentivos, as palmas, o vento forte, o cheiro a mar, o escuro da noite, sentir na pele o quente das fogueiras…
Pouco depois da primeira légua da prova nova passagem pelas imediações da zona de partida, no local combinado lá estavam a Isabel e a Vitória, seguiu-se a passagem por aquelas ruas estreitas que me lembram sempre Almada velha, o desembocar naquele largo onde está a estátua às bordadeiras de Peniche, largo completamente apinhado de pessoas, muitas palmas, muitos incentivos, alguns atletas iam correspondendo levantado os braços o que ainda puxava mais pelos incentivos, grande ambiente de festa, dos atletas e das gentes boas de Peniche…único no país.
Já após ter completado a 2ª légua da prova, o que fiz em 45'16'', a chuva quis também marcar presença na noite mágica de Peniche e foi com chuva que completei a 3ª e última légua da prova.
Pouco depois voltei para junto da Isabel e da Vitória (tinha-as visto quando passei para a meta), a Vitória vencida pelo dia intenso dormia já nos braços da mãe, muitos atletas ainda a caminho da meta, nós voltamos para o nosso hotel e mais uma vez não marcámos presença no arraial…

Domingo tomámos o pequeno-almoço no hotel, na sala muitas camisolas amarelas e vermelhas…
Passámos ainda todo o dia de domingo em Peniche, dia que esteve muito bonito, à hora que iniciámos o regresso tinha começado a chover.
Voltarei para o ano às "fogueiras" de Peniche, cidade apelidada de "capital da onda" mas que no passado sábado bem que podia ser chamada com extrema justiça de capital das corridas de rua em Portugal.

Números da 30ª Corrida das Fogueiras.

Prova: 30ª Corrida das Fogueiras.
Data: 27 de Junho de 2009.
Distância: 15 km.
Total de 1762 atletas classificados na meta, 1589 homens (90,2 %) e 173 senhoras (9,8 %).





Fonte: Classificações da prova.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Trigésima.


Mesmo que não conheças nem o mês nem o lugar
caminha para o mar pelo verão
Ruy Belo

quarta-feira, 17 de junho de 2009

E TUDO ERA POSSÍVEL

Na minha juventude antes de ter saído
da casa de meus pais disposto a viajar
eu conhecia já o rebentar do mar
das páginas dos livros que já tinha lido

Chegava o mês de maio era tudo florido
o rolo das manhãs punha-se a circular
e era só ouvir o sonhador falar
da vida como se ela houvesse acontecido

E tudo se passava numa outra vida
e havia para as coisas sempre uma saída
Quando foi isso? Eu próprio não o sei dizer

Só sei que tinha o poder duma criança
entre as coisas e mim havia vizinhança
e tudo era possível era só querer

Ruy Belo

Nota) Palavras de um homem de palavra(s), vieram-me à memória durante o meu treino no passado sábado na belíssima e naquela manhã também quase deserta Praia da Consolação, a do poeta ... mais palavras do homem que como poucos falou desse tempo mágico da infância aqui.

As 4 fotos de cima - Praia da Consolação (treino longo de sábado, dia 13 de Junho); Em baixo à esquerda - a Vitória coma a mamã na Praia da Consolação (tarde de sexta-feira, dia 12 de Junho); Em baixo à direita - a Vitória com a mamã e a tia Ana (Peniche, tarde de domingo, dia 14 de Junho).

segunda-feira, 15 de junho de 2009

5ª Meia-Maratona da Figueira da Foz.

[clicar na imagem para ver melhor]

Em cima à esquerda: momentos antes da partida.
Em cima à direita: partida da prova de cadeiras de rodas.
Ao meio à esquerda: fase inicial da prova.
Ao meio à direita: eu a iniciar a segunda volta.
Em baixo à esquerda: a Vitória na zona de chegada.
Em baixo à direita: mais uma meta cortada.

Na passada quarta-feira participei na 5ª Meia-Maratona da Figueira da Foz, evento organizado pela Câmara Municipal da Figueira da Foz com o apoio técnico da Atlética, o qual integrou além da prova principal (meia-maratona), uma prova em cadeiras de rodas igualmente na distância (meia-maratona) e duas provas convívio ("mini-maratona" e "caminhada") com a distância de 4.000 metros.
A partida foi dada junto à Torre do Relógio sensivelmente às 10 horas da manhã, sendo que os primeiros a partirem foram os atletas em cadeiras de rodas não que sem antes tenham sido fortemente aplaudidos pelos restantes atletas e público presente.
Partiram depois os restantes participantes, incluindo os das provas convívio que uma vez mais foram fortemente participadas, já a prova principal registou apenas 191 atletas classificados na meta dos quais 180 eram do sexo masculino (94,24%) e 11 do sexo feminino (5,76%).
O mais rápido no sector masculino foi o atleta José Moreira (Cyclones Atlético Clube) com o tempo de 1h06'01'' que se superiorizou ao sprint ao atleta queniano Peter Kosgei (Nike) que terminou com 1h06'06''.
No sector feminino a mais rápida e folgada vencedora com quase 9 minutos de avanço em relação à segunda classificada foi a atleta queniana Prisca Jeptoo (Nike) com o tempo recorde da prova de 1h12'12''.
Na prova em cadeiras de rodas triunfou Alberto Baptista (ANACR) que completou a distância em 54'16'', atleta que é o recordista nacional na distância.

Na minha segunda participação na Figueira da Foz completei a prova em 1h42'23'' tendo-me classificado no lugar 122 da geral e em 21º lugar no meu escalão (Vet.III), escalão em que terminaram 26 atletas.
Correspondendo às minhas expectativas gostei bastante de ter participado nesta 5ª Meia-Maratona da Figueira da Foz, a qual esteve uma vez mais muito bem organizada e sem nada de relevante pela negativa a assinalar.
Foi um excelente início do período de 5 dias que se revelaram muito agradáveis e já com um "saborzinho" a férias...

Eu com a Vitória já depois da prova.

Números da 5ª Meia-Maratona da Figueira da Foz.

Prova: 5ª Meia-Maratona da Figueira da Foz.
Data: 10 de Junho de 2009.
Distância: 21,1 km
Total de 191 atletas classificados na meta, 180 homens (94,2 %) e 11 senhoras (5,8 %).







Fonte: Classificações da prova aqui.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Pausa.

Aproveitando os dois feriados desta semana passaremos os próximos dias longe de casa mas por locais já familiares de outras estadias, será uma pausa na correria do dia-a-dia, já nas corridas não haverá pausa.
Amanhã bem cedo rumaremos à bela cidade da Figueira da Foz onde participarei pelo 2º ano consecutivo na Meia-Maratona que a partir das 10 horas da manhã aí terá lugar.
Seguiremos depois para Peniche onde ficaremos alojados até domingo e onde espero fazer pelo menos 2 treinos, sendo que na manhã de domingo realizarei o meu "longo" da semana, claro que não faltará no mesmo o percurso das "fogueiras", lindíssimo também à luz do dia.

Para os companheiros que marcarão presença nas várias provas que terão lugar durante os próximos dias aquele abraço.
António Almeida

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Use o seu coração para ajudar.

Recebi de Terras de Aventura o seguinte mail:

Boa tarde,
Porque há causas que não devemos ignorar, junto reenviamos o convite que recebemos, da parte da nossa Campeã Manuela Machado, esperando contar com a vossa divulgação e presença no evento em causa.

----- Original Message -----
From: manuela machado
Sent: Monday, June 08, 2009 12:53 PM
Subject: Convite para Caminhada de Solidariedade pelo Guilherme

O Guilherme é um menino de 3 anos e tem Paralisia cerebral, precisando da ajuda de todos para a sua recuperação.
Assim sendo, eu, Manuela Machado, com a colaboração de todos os elementos do meu clube, Cyclones Sanitop, vamos organizar uma Caminhada de Solidariedade pelo Guilherme, que se realizará no próximo dia 28 de Junho, na freguesia de Cardielos, cidade de Viana do Castelo, pelas 10horas e terá como preço de inscrição 1€, que reverterá para o apoio ao Guilherme.
Venho por este meio convidar a participar nesta iniciativa, que combina a prática desportiva à prática de solidariedade, uma importante qualidade nos dias de hoje.
Use o seu coração para ajudar!

Sinceros cumprimentos e eu e o Guilherme esperamos poder contar com a vossa presença.

Manuela Machado

Nota: Em anexo segue o cartaz desta iniciativa, que poderão promover junto dos vossos meios.

Use o seu coração para ajudar!

[clicar na imagem para ver melhor]

Ver mais sobre a campeã aqui.

domingo, 7 de junho de 2009

Surpresa no treino.

No meu treino da passada quinta-feira tive uma agradável surpresa, a Vitória com a mamã apareceram no terreno onde habitualmente corro durante a semana.
A Vitória levou a sua bicicleta e aproveitou para andar um pouco tendo ensaiado também umas corridinhas ao meu lado sempre que eu passava por elas.
Voltaram depois para casa ainda antes de eu terminar o meu treino, 1h10 de corrida contínua com algumas variações de ritmo impostas pelas semi-paragens e pelos minutos que corri ao lado da Vitória.
Excelente final de tarde…

quarta-feira, 3 de junho de 2009