Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Por estes dias.

Agosto corre rápido para o seu fim, Setembro já está batendo à porta...
Nestes últimos dias de Agosto, também das nossas férias, temos estado pelo Algarve.
As manhãs têm sido passadas na Prainha com caminhadas a 3 (ontem com a companhia dos Velosos que também estão pelo Algarve) e com muitos banhos de mar.
As tardes têm sido passadas nas piscinas com muitas brincadeiras à mistura.
Têm sido dias bem preenchidos e muito felizes, espero também bem retemperadores para o novo ano de trabalho (para mim e para a Isabel) e de escola (para a Vitória).


Correr é algo que não dispenso nem em férias, tem sido sempre assim e este ano não foi diferente, nestes dias aqui pelo Algarve corri até agora 3 vezes (domingo, terça e quarta), nas duas primeiras vezes pela manhã, na terceira ao entardecer, sempre na praia e nunca mais de 1 hora, correr apenas pelo prazer de correr...como sempre.

Como para a grande maioria uma nova época está a começar aproveito para desejar que seja acima de tudo uma época sem lesões, para mim será o continuar do caminho iniciado em 7 de Março de 2006 (e do objectivo então definido que era correr pelo menos 3 vezes por semana), caminho que tenciono continuar a trilhar com o mesmo prazer que tenho tido nestes anos já passados, as provas, os desafios, esses virão por acréscimo, neste 2010 poderão em parte traduzir-se em mais de 500 quilómetros já corridos em provas, em gratas recordações para mim de alguns desafios a que me propus, de belos momentos de convívio com alguns companheiros daqui da blogosfera (e não só)...

Boas férias (já só para alguns) e boas corridas (para todos).

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

35 Anos, 35 km (Aniversário do Veloso).

[Clicar na imagem para ver emlhor]
Em cima à esquerda: a família marcou presença.
Em cima à direita: "Almeidas" e "Velosos".
Ao meio à esquerda: Com 1 hora de corrida.
Ao meio à direita: Abastecimento aos 21 km.
Em baixo à esquerda: Com 33 km já corridos.
Em baixo à direita: Metros finais dos 35 km.

Ontem o "Veloso" fez 35 anos e decidiu comemorar a data promovendo um treino com o número de quilómetros dos anos que fazia.
Começámos por volta das 17 horas e a família quis também associar-se fazendo questão de correrem algum tempo ao lado do aniversariante, destacando-se a esposa do Veloso (a Ruth) que correu connosco cerca de 45 minutos.
Depois continuámos (eu e o Veloso) e após a 1 hora de corrida (em areia) foi tempo de ir e voltar até à Trafaria, completámos os 20 quilómetros já com 2h10', pouco depois (por volta dos 21 quilómetros) tivemos direito a um abastecimento a que se seguiu uma parte de novo corrida em areia (ida e volta até perto da Fonte da Telha) sendo que o regresso foi bem durinho pelo forte vento que se fazia sentir, pelo meio completámos os 30 quilómetros (com cerca de 3h10'), já noite feita e com a presença da família que fez questão de continuar presente concluímos os 35 quilómetros (com cerca de 3h45').
Renovo os parabéns ao meu cunhado Vitor Veloso pelo seu aniversário e pelo seu 1º ano de corridas (o Veloso começou a participar regularmente em provas em Setembro de 2009 sendo que a 1ª prova em que ele participou foi na corrida da festa do Avante), um ano de corridas em que ele se estreou a correr uma meia-maratona nas...Lampas (na apelidada meia das rampas), em que completou duas ultras (Geira e Raid Melides-Tróia) e uma maratona de montanha (II Trail Nocturno da Lagoa de Óbidos) entre outras provas.

Depois do 35 quilómetros corridos e após uma passagem por casa foi tempo de continuarmos a festa...a comer, a rir, a ouvir música...

As fotos da Isabel aqui.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Prova de Atletismo Mestre de Aviz.

Campo Militar de São Jorge - A 14 de Agosto de 1385, no planalto onde hoje se situa a aldeia de São Jorge, concelho de Porto de Mós, distrito de Leiria, confrontaram-se dois pretendentes ao trono de Portugal: D. João I de Castela e Leão, e D. João I, Mestre de Avis, que fora aclamado Rei de Portugal, quatro meses antes, nas Cortes de Coimbra. O exército castelhano era numérica e militarmente superior ao português. Dom Nuno Álvares Pereira, com o seu pequeno grupo de cavaleiros e peões, implementou um sistema táctico antes e durante o confronto que levou Portugal à vitória.

Mosteiro de Santa Maria da Vitória - Mandado edificar pelo rei D. João I, Mestre de Avis, como agradecimento à Virgem Maria pela vitória na Batalha de Aljubarrota, a sua construção estendeu-se ao longo de dois séculos (de 1386 até cerca de 1517), ao longo do reinado de sete reis de Portugal.
O Mosteiro foi restaurado no Século XIX e nesse restauro sofreu transformações mais ou menos profundas e, num quadro de extinção das ordens religiosas em Portugal, verificou-se a remoção total dos símbolos religiosos, procurando tornar o Mosteiro num símbolo glorioso da Dinastia de Avis e, sobretudo, da sua primeira geração (a dita Ínclita Geração). Data dessa altura a vulgarização do termo Mosteiro da Batalha (celebrando Aljubarrota) em detrimento de Santa Maria da Vitória, numa tentativa de erradicar definitivamente as designações que lembrassem o passado religioso do edifício.
Classificado pela UNESCO como Património da Humanidade desde 2007, o Mosteiro da Batalha (ou Mosteiro de Santa Maria da Vitória) é uma das maiores jóias arquitectónicas Portuguesas.

Com partida no Campo Militar de São Jorge e chegada junto ao Mosteiro da Batalha disputou-se na manhã do passado domingo, integrada nas festas da Batalha que decorreram de 13 a 1 5 de Agosto, mais uma edição da Prova Mestre de Aviz, a qual teve uma distância de 6000 metros e no final 199 atletas classificados na meta, muitos dos quais tinham corrido no Juncal na noite anterior (na 12ª Corrida de São Miguel).
Também a dupla TANDUR (eu e o meu cunhado Vitor Veloso) participámos depois de igualmente termos corrido no Juncal na noite anterior, desta vez fizemos toda a prova juntos e terminámos pela 1ª vez uma prova a 4 já que tivemos connosco as nossas princesas a cortar a meta a qual estava instalada junto ao Mosteiro da Batalha.
Na tarde de domingo visitámos ainda o Mosteiro de Alcobaça onde estão os túmulos de Pedro e Inês.
Estes dois monumentos (Mosteiro de Alcobaça e Mosteiro da Batalha) foram também os escolhidos por mim e pela Isabel como os primeiros que a Vitória visitou (corria então o ano de 2006)…
Foi muito bom voltar agora com a Vitória mais crescida, foi também muito bom o excelente fim-de-semana na companhia dos "Velosos", excelentes também as duas provas em que participámos (Juncal e Batalha).

Já depois da 1ª meta a quatro:

Junto ao túmulo de Inês de Castro (Mosteiro de Alcobaça):


Dados da minha prova:
Distância: 6,0 km
Tempo: 27'03''
Lugar Geral: 120 (199 atletas)
Lugar Escalão (Veterano 45-49): 16 (24)

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

12ª Corrida de São Miguel - Juncal.

TANDUR (e princesas) com o Vitor Ferreira:Famílias Almeida e Veloso: Eu na passagem a meio da prova: Com o casal Mota:

Organizada pela Comissão de Festas de São Miguel (Vila do Juncal) teve lugar no passado sábado por volta das 20 horas a "12ª Corrida de São Miguel", prova que foi disputada num percurso com subidas e descidas um pouco pronunciadas num circuito de duas voltas e numa distância total de 6800 metros.
A partida e chegada foi no arraial da festa de São Miguel, frente à igreja.
Foi uma terra em festa que nos acolheu nesta 1ª vez no Juncal, excelente o ambiente de festa, antes, durante e depois da corrida.
Da prova dizer que gostei bastante, segui a táctica do Victor Ferreira (que nos dizia antes da prova para irmos com calma) e não me dei nada mal, fiz uma 1ª volta de contenção e na 2ª dei o que tinha para dar que diga-se de passagem não era muito mas que ainda assim me deixou bastante satisfeito.
Depois da prova tempo para conviver com alguns amigos dos quais destaco o casal Mota, o Carlos Lopes e o Abutre-Mor Vitorino Coragem (na sua 1ª prova de estrada em 2010...), destaco igualmente o modo como fomos bem recebidos pelo Vitor Ferreira que mais uma vez colaborou na organização desta prova.
O ambiente de festa e a bela noite de verão convidavam a ficar mas lá acabámos por regressar ao nosso local de alojamento neste fim-de-semana (mais um na companhia da família Veloso) numa zona de que gostamos muito e foi com uma vista soberba sobre o belíssimo Mosteiro de Santa Maria da Vitória (também conhecido como Mosteiro da Batalha) que terminámos a noite.
No dia seguinte (domingo) houve mais do mesmo, corrida, família e amigos...também tempo para visitar lugares com história...

domingo, 8 de agosto de 2010

II Trail Nocturno de Óbidos + Corrida da Praia Norte.

Ontem em Óbidos (II Trail Nocturno da Lagoa de Óbidos):

Hoje em Peniche (Corrida da Praia Norte):
Ontem à noite em Óbidos, hoje de manhã em Peniche, em comum a família, a corrida e os amigos, trinómio mais que perfeito.
Em Óbidos foi mesmo especial, por fim conhecemos o casal Amélia/José Xavier e filhas, bonita e simpática família.
Sempre um prazer enorme encontrar a minha "ex-vizinha", também outros amigos.
De assinalar também o 1º "solo duro" da família no qual tivemos a companhia das famílias Veloso e Mota.
Hoje de manhã em Peniche, família, amigos, corrida...

Ontem à noite foi correr ao lusco-fusco, para mim a prova curta do II Trail Nocturno da Lagoa de Óbidos, 2h15' de puro prazer de correr, nunca tinha desfrutado tanto numa prova de trail, muito bonita a fase inicial da prova, pelo lusco-fusco e pela passagem pela zona da Lagoa, depois já com o frontal o desafio de correr por vezes na completa escuridão, os enganos no percurso, retomar o trilho certo, ver que de facto as fitas estavam lá, um companheiro que diz que o Benfica já perdia por 1 a 0, a subida ao castelo, a calorosa recepção...

Hoje em Peniche, a Corrida da Praia Norte, prova que há muito ouvia falar mas em que nunca tinha participado, apenas 5.600 metros mas o saborear a areia uma semana depois da UMA, mais uma meta conquistada a dois.

Fotos da Isabel aqui.

Dados das minhas provas:

II TNLO curto
Distância: 22,3 km
Tempo: 2h15'19''
Lugar Geral: 10 (106 atletas)

Corrida e Caminhada da Praia Norte
Distância: 5,6 km
Tempo: 28'01''
Lugar Geral: n.d. (só foi elaborada classificação até ao 5º lugar).

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Mais uma meta cortada...

Hoje foi o último dia da Vitória no jardim de infância que ela frequentou nos últimos 3 anos, creio que foram 3 anos felizes e muito importantes na sua formação, em grande parte porque teve 2 excelentes pessoas que "correram" ao seu lado, puxando por ela, incentivando-a nos momentos bons mas principalmente nos menos bons, as suas "professoras" Celeste e Beatriz, 2 pessoas por quem eu e a Isabel teremos para sempre uma enorme dádiva de gratidão por tudo o que fizeram pela Vitória.

UMA 2010 (Números).

Prova: Ultra Maratona Atlântica 2010.
Data: 1 de Agosto de 2010.
Distância: 43 km.
Partiram de Melides 200 bravos atletas, 166 cortaram a linha de chegada em Tróia (156 homens - 94,0% e 10 senhoras - 6,0%) sendo pois que 34 não o fizeram.







Fonte: Classificações da prova no site da mesma.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Fotodiploma da Ultra Maratona Atlântica 2010.

[ Clicar na imagem para ver melhor ]

Ultra Maratona Atlântica 2010 (Fotos).

Com o Fernando Andrade e com o meu cunhado Vitor Veloso:Com o campeão Carlos Lopes e amigos Mota, Helder e Valdemar: Na linha de partida ao lado da grande Analice Silva:Momentos antes da partida: Fase inicial da prova:
Apoio familiar e amigo na praia do Carvalhal:

No apoio ao "pára" na chegada da sua 2ª UMA:Durante a tarde de domingo em Tróia:
Eu com 3 dos "duros 2010", Vitor Veloso, Luis Mota e Mário Lima:
Fotos de Isabel Almeida (mais fotos aqui)

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

A minha UMA 2010.

Um ano depois e na minha segunda vez de Melides a Tróia, como esperava revelou-se extremamente fácil cumprir os objectivos a que me tinha proposto e que tinha partilhado aqui no meu post anterior (concluir a prova e desfrutar em pleno da mesma) sendo que terminei com um tempo superior ao do ano passado em cerca de 1 minuto (5h28'19'' em 2009, 5h29'28'' este ano) mas em que obtive uma classificação francamente melhor (102º da geral e 16 e último do meu escalão em 2009, 77º da geral e 8º do meu escalão este ano).
Um ano depois nem tudo foi diferente, a Isabel e a Vitória estiveram de novo comigo na partida em Melides, na passagem na praia do Carvalhal (onde tal como há um ano a Vitória correu comigo alguns metros) e na chegada em Tróia (onde tal como há um ano a meta foi conquistada a dois).
Foi exactamente onde não houve diferença que tornou especial a minha segunda vez de Melides a Tróia.
Claro que voltarei a partir um dia de Melides com destino a Tróia…

Fotos de Isabel Almeida

Dados da minha prova:
Distância: 43 km
Tempo: 5h29'28''
Lugar Geral: 77 (166 atletas)
Lugar Escalão [Vet.3]: 8 (24 atletas)

Passagens [praia - lugar - tempo]:
Aberta Nova - 131º - 42'36''
Galé - 133º - 1h07'18''
Pinheiro da Cruz - 128º - 1h52'45''
Pego - 120º - 2h23'17''
Carvalhal - 119º - 2h34'00''
Comporta - 95º - 3h46'53''
Soltróia - 80º - 4h56'02''
Tróia - 77º - 5h29'28''