Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



segunda-feira, 29 de novembro de 2010

V Grande Prémio da Arrábida.

Ontem participei no V Grande Prémio da Arrábida, evento organizado pela Associação de Atletismo Lebres do Sado e que consistiu numa prova competitiva de 12.500 metros e uma outra de 7.000 metros denominada "7 km ao meu ritmo".
Este foi mais um evento em que os "Almeidas" e os "Velosos" participaram não na máxima força mas em força (eu e o Veloso na prova de 12,5 quilómetros, a Isabel e a Ruth na prova de 7 quilómetros), as princesas desta feita ficaram com a avó.
O local de partida e chegada de ambas as provas foi no jardim de Vanicelos em Setúbal.
Ambas as provas desenrolaram-se num percurso misto de alcatrão e terra batida sendo que a prova competitiva apresentou como única dificuldade uma subida de aproximadamente 2 quilómetros.
A prova apresentou à semelhança do que já tinha acontecido nas anteriores edições duas particularidades, uma primeira que consistiu em os dois primeiros quilómetros terem sido corridos num pelotão (em ritmo de treino) conduzido por duas "lebres" e uma segunda que consistiu na existência de um abastecimento de moscatel.
Gostei mesmo muito de ter participado nesta prova, pelo ambiente festivo, pelo convívio nos quilómetros iniciais, pelas características do percurso, pelo abastecimento do moscatel, por ter reencontrado alguns companheiros (daqui da blogosfera e outros)...
Foi uma bela manhã de domingo e uma excelente maneira de fechar Novembro.

Dados da minha prova:
Distância: 12,5 km
Tempo: 1h02'16''
Lugar Geral: 149 (486 atletas)
Lugar Escalão [M45]: 21 (73 atletas)

Deixo-vos com palavras do poeta da Arrábida, Sebastião da Gama:

O SONHO

Pelo Sonho é que vamos,
comovidos e mudos.
Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não haja frutos,
pelo Sonho é que vamos.

Basta a fé no que temos.
Basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
com a mesma alegria,
ao que desconhecemos
e ao que é do dia-a-dia.

Chegamos? Não chegamos?

- Partimos. Vamos. Somos.

sábado, 27 de novembro de 2010

Podia ter sido ontem.

Acabei de ler o que escrevi aqui faz hoje dois anos, bem que podia ter sido escrito ontem com pequenas alterações, uma noite ainda mais fria, o terreno ainda mais deserto, a voz da menina de ouro menos "abebézada"...

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Em Louvor das Crianças.

Se há na terra um reino que nos seja familiar e ao mesmo tempo estranho, fechado nos seus limites e simultaneamente sem fronteiras, esse reino é o da infância. A esse país inocente, donde se é expulso sempre demasiado cedo, apenas se regressa em momentos privilegiados — a tais regressos se chama, às vezes, poesia. Essa espécie de terra mítica é habitada por seres de uma tão grande formosura que os anjos tiveram neles o seu modelo, e foi às crianças, como todos sabem pelos evangelhos, que foi prometido o Paraíso.
A sedução das crianças provém, antes de mais, da sua proximidade com os animais — a sua relação com o mundo não é a da utilidade, mas a do prazer. Elas não conhecem ainda os dois grandes inimigos da alma, que são, como disse Saint-Exupéry, o dinheiro e a vaidade. Estas frágeis criaturas, as únicas desde a origem destinadas à imortalidade, são também as mais vulneráveis — elas têm o peito aberto às maravilhas do mundo, mas estão sem defesa para a bestialidade humana que, apesar de tanta tecnologia de ponta, não diminui nem se extingue.
O sofrimento de uma criança é de uma ordem tão monstruosa que, frequentemente, é usado como argumento para a negação da bondade divina. Não, não há salvação para quem faça sofrer uma criança, que isto se grave indelevelmente nos vossos espíritos. O simples facto de consentirmos que milhões e milhões de crianças padeçam fome, e reguem com as suas lágrimas a terra onde terão ainda de lutar um dia pela justiça e pela liberdade, prova bem que não somos filhos de Deus.
Eugénio de Andrade, in "Rosto Precário"

Um bom fim-de-semana com boas corridas e boas leituras.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Parabéns Corredora.

Post dedicado a uma corredora que não se ficou pelo sonho, obrigado pela partilha e pela inspiração.
Muitos parabéns corredora, pelo sonho, pela conquista e pelo relato.

sábado, 20 de novembro de 2010

Treino Nocturno em São João das Lampas.

Patrocinado pela "Associação Desportiva O Mundo da Corrida" e organizado pelo Fernando Andrade e seus companheiros da Associação Recreativa Meia-Maratona de São João das Lampas, decorreu ontem à noite um treino no percurso da carismática Meia das "rampas", percurso para o qual não foi necessário muito mais que 2 horas para que todos o completassem na íntegra, percurso que até teve abastecimentos exactamente onde eles costumar ser no dia da prova e a um chuveirinho que chegou a ser forte na sua parte final.
Foi um privilégio conhecer o lado nocturno da meia-maratona de São João das Lampas, aos que tornaram isso possível um enorme obrigado e grande abraço.
Após o treino seguiu-se um convívio entre todos os participantes e acompanhantes nas instalações da Associação Desportiva de São João das Lampas.
Algumas fotos de ontem à noite aqui.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

A Flor.

Pede-se a uma criança: Desenhe uma flor! Dá-se-lhe papel e lápis. A criança vai sentar-se no outro canto da sala onde não há mais ninguém.
Passado algum tempo o papel está cheio de linhas. Umas numa direcção , outras noutras; umas mais carregadas, outras mais leves; umas mais fáceis, outras mais custosas. A criança quis tanta força em certas linhas que o papel quase que não resistiu.
Outras eram tão delicadas que apenas o peso do lápis já era de mais.
Depois a criança vem mostrar essas linhas às pessoas: uma flor!
As pessoas não acham parecidas estas linhas com as de uma flor!
Contudo, a palavra flor andou por dentro da criança, da cabeça para o coração e do coração para a cabeça, à procura das linhas com que se faz uma flor, e a criança pôs no papel algumas dessas linhas, ou todas. Talvez as tivesse posto fora dos seus lugares, mas são aquelas as linhas com que Deus faz uma flor!
Almada Negreiros - A invenção do dia claro

Um bom fim-de-semana com boas corridas e boas leituras.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

36ª Meia-Maratona da Nazaré.

No passado domingo realizou-se a 36.ª Meia-Maratona Internacional da Nazaré, a chamada "Mãe" das meias-maratonas disputadas em Portugal, prova que esteve na génese da corrida para todos, prova tradicionalmente realizada no segundo domingo do mês de Novembro, sendo que durante muitos anos poucas eram as organizações que se aventuravam a realizar as suas provas nesse domingo que era consagrado à "mãe".
Hoje é sabido que os tempos são outros, ainda assim "Mãe" é "Mãe" e dela já quase tudo foi dito, serão também poucos os que tendo a corrida como paixão não palmilharam pelo menos uma vez os quilómetros da "Mãe", a partida na marginal da Nazaré, a voltinha inicial à vila, a passagem na zona de partida, a ida até Famalicão, o ser-se recebido em festa, o retorno à Nazaré, a longa marginal até mais uma meta cortada…
Serão também muitos os que ano após ano voltam, também eu voltei pelo 4º ano consecutivo e mais uma vez foi muito bom correr a "Mãe", acima de tudo por ter cortado mais uma vez a meta de mão dada com a minha "menina de ouro".
Foi pois mais um dia muito feliz o do passado domingo como muito felizes têm sido muitos dos meus dias passados na Nazaré.

São de há mais de 40 anos as minhas primeiras lembranças da Nazaré, da praia, da minha família (os meus pais, a minha irmã), de dias felizes…
Corria o ano de 2006 quando volto a ter recordações muito boas da Nazaré, da Vitória pequenina, da mulher que eu amo, de novo de dias felizes, muito felizes…

A partir de 2007 tem-se sucedido as visitas à Nazaré, para correr a "Mãe", para com tempo reencontrar lugares
Desde então, a partir de 2006, fui construindo um arquivo de memórias das minhas recentes visitas à Nazaré, 40 anos depois vão direitinhas para bem juntinho das outras, das de há 40 anos, as dos dias felizes...

Nazaré, 14 de Novembro de 2010.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Foto da Nazaré.

Foto de Paulo Mendes

Mais fotos aqui.

domingo, 14 de novembro de 2010

A "Mãe" continua generosa...

[clicar na imagem para ver melhor]

Mais uma vez a "mãe" continua bastante generosa comigo e das 26 "meias" que já corri os meus 3 melhores registos na distância da meia-maratona são agora todos na Nazaré:
2008 - 1h38'47'' (2º)
2009 - 1h38'58'' (3º)
2010 - 1h37'16'' (1º)

Também mais uma vez como sempre aconteceu na Nazaré a Vitória cortou a meta de mão dada comigo.
Também mais uma vez a Isabel captou os nossos últimos metros a caminho da meta.

sábado, 13 de novembro de 2010

Afurada, 7 de Novembro de 2010.

Todas as fotos da autoria de Isabel Almeida

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

A 7ª será em Lisboa.

Foto tirada ontem de manhã na zona da Afurada onde a família esteve no apoio possível a companheiros e amigos da blogosfera e das corridas, quanto à maratona que não fiz que seria a minha 7ª dizer que foi adiada para Lisboa, onde estaria sempre presente (estou inscrito desde Agosto).
Boa semana e até um dia destes.

Actualização do post (11 de Novembro) - porque surgiu a dúvida para alguns amigos e companheiros se a minha não participação na que seria a minha 7ª maratona teve a ver com motivos de saúde e porque mais vale tarde do que nunca, dizer que nesse particular felizmente está tudo muito bem comigo, ainda assim muito obrigado pela preocupação e desculpem não ter deixado isso bem claro.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Breve e último post (antes da 7ª).

Breve e último post antes da 7ª Maratona do Porto para reiterar os votos de uma grande Maratona, em particular, a todos os amigos daqui da blogosfera que estarão presentes (Fernando Andrade, Filipe Fidalgo, João Meixedo, João Paixão, Joaquim Adelino, José Brito, José Capela, José Magro, Luís Mota, Luís Parro, Mark Velhote, Miguel Paiva, Otília Leal, Ricardo Baptista, Rui Pena, Vítor Dias e Vitor Veloso).
Deixar também um incentivo extra aos meus companheiros TANDUR (Filipe Fidalgo e Vitor Veloso) que correrão pela 1ª vez a distância da maratona.
Assinalar, pese a fortíssima presença por parte da blogosfera corredora, algumas ausências de peso, Ana Pereira (não corre a maratona mas "conduz" 2 autocarros de maratonistas até à Invicta), António "tartaruga" Bento, Nuno Cabeça, José Alberto Bastos, Nuno Romão e, penso que também ausente estará o "leão" Paulo Martins.
Por fim um obrigado aos companheiros que não participarão mas que ainda assim manifestaram o seu apoio aos presentes (apoio que alguns exprimiram mesmo nos seus blogues).
Falta agora 1 dia para a 7ª Maratona do Porto.
Até já.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

3 dias para a 7ª.

A 3 dias de correr pela 7ª vez uma maratona, a minha distância preferida, nesta que é a 10ª semana desde aquele dia 2 de Setembro aqui ficam resumidamente as 9 semanas já passadas:

- Os treinos
Realizei 4 treinos semanais em 5 das 9 semanas e 3 treinos semanais em cada uma das restantes 4 semanas.
Realizei 4 treinos longos (iguais ou superiores a 2 horas) e 5 treinos semi-longos (entre a 1h30' e as 2 horas), um em cada uma das 9 semanas:
1h54' ; 2h15' ; 3h00' ; 1h40' ; 3h33' ; 1h40' ; 2h47' ; 1h32' e 1h55'.
Nota) Nas semanas 2, 4, 5, 6 e 8 os treinos foram realizados em competições.

- Os quilómetros corridos
Nº de quilómetros por semana: 40,0 ; 49,6 ; 59,0 ; 48,0 ; 68,0 ; 49,1 ; 55,0 ; 43,0 e 42,0.
Nº de quilómetros acumulados nas 9 semanas: 454.
Média de quilómetros por semana: 50,4.

- As provas realizadas
Participei, como tinha previsto, em 5 provas:
Meia-Maratona de São João das Lampas (11 de Setembro)
Meia-Maratona de Portugal (26 de Setembro)
I Trail Terras do Grande Lago (3 de Outubro, 35km)
Meia-Maratona da Moita (10 de Outubro)
20 kms de Almeirim (23 de Outubro)

Como sempre tem acontecido em cada maratona que corri, mais uma vez domingo que vem estarei na linha de partida da 7ª Maratona do Porto com o objectivo primeiro de concluir a prova desfrutando ao máximo da mesma.
Para todos os que na manhã do próximo domingo vão estar na linha de partida os votos de uma grande Maratona do Porto.
Faltam agora 3 dias para a 7ª Maratona do Porto.