Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



segunda-feira, 29 de outubro de 2012

20 kms de Almeirim (26ª edição).

Ontem voltei a participar nos 20 Quilómetros de Almeirim, uma clássica das provas de estrada e que teve nesta 26ª edição 868 atletas classificados na meta e que como habitualmente e ao contrário do que quase sempre acontece em outras provas teve atletas desclassificados (este ano 8).
A Isabel e a Vitória participaram na mini-corrida na distância de 5,5 km e que como habitualmente foi muito participada.
No final tiveram os participantes a tradicional sopa da pedra, pão regional (caralhotas), fruta e vinho e sumos numa confraternização com música ao vivo, desta vez faltou o meu amigo Mário para o seu show de dança...
Uma excelente manhã de domingo a caminho da minha 13ª maratona, em Lisboa pois claro, na cidade mulher da minha vida.

As minhas 3 metas em Almeirim (2009, 2010 e 2012) foram sempre cortadas de mão dada com minha menina de ouro
[foto da Isabel]

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Vinte Quilómetros de Almeirim 2012.


Na manhã do próximo dia 28 de outubro disputa-se pela 26ª vez uma das clássicas das corridas de estrada em Portugal, os "Vinte Quilómetros de Almeirim", que como habitualmente terá uma organização da "Associação 20 Kms de Almeirim". Em simultâneo, disputa-se uma prova para Deficientes (cadeiras de rodas) e uma prova não competitiva (Mini Prova) com distância de 5,5 km, estando a partida marcada para as 10 horas da manhã e sendo a prova para deficientes a primeira a partir.
Como já é tradição nesta prova de Almeirim (uma das cidades da chamada "Rota da Sopa De Pedra"), no final da prova a organização da mesma oferece aos participantes uma refeição regional volante composta por sopa de pedra, fruta, vinho e caralhotas (pão regional).

Participei pela 1ª vez nesta clássica no ano de 2009 e voltei a estar presente em 2010, no ano passado apesar de inscrito não pude estar presente impossibilitado que estava na altura de correr, voltarei neste 2012 a estar presente numa das melhores provas em que já participei.
Na lista de inscritos constam para já 708 atletas na prova dos 20 kms e 688 na Mini.
Site da prova aqui.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

15ª Meia-Maratona Ribeirinha da Moita (e 12ª Caminhada).

Decorreu na manhã do último domingo a 15ª Meia-Maratona Ribeirinha da Moita (e em paralelo a 12ª caminhada), o evento desportivo mais importante do concelho e que teve uma organização conjunta da Câmara Municipal da Moita, do Centro de Atletismo da Baixa da Banheira, do Clube Amigos do Atletismo da Moita, do Clube Recreativo do Penteado e do Grupo Desportivo da Fonte da Prata, entidades que estão de merecidos parabéns pela excelência do evento que ontem de manhã "correu" praticamente todas as freguesias do concelho, também uma palavra de apreço pelo modo como ao longo do percurso muitas pessoas aplaudiram os atletas e pelo civismo como alguns automobilistas em certas zonas cortadas ao trânsito aguardavam sem buzinar (ao contrário do que quase sempre acontece) a passagem dos atletas. A isto acrescentar que as taxas de inscrição foram de 5 euros para a meia e de 4 euros para a caminhada, melhor é impossível…
Depois de ter corrido esta "meia" em 2008 e 2010 voltei este ano, a Isabel participou na caminhada repetindo a sua participação de 2008. Minutos antes da partida apercebi-me de que tinha colocado o dorsal da Isabel mas sem tempo para a troca lá tive que seguir assim mesmo acabando por recuperar o meu dorsal na altura em que me cruzei com a ela a meio da prova.
Curiosamente acabei com um tempo (1h44'09'') que já me tinha sido atribuído numa outra meia, a da areia em 2009.
Mais uma manhã de domingo à maneira.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

O sonho.

O sonho da campeã parece mesmo que vai virar real graças ao primeiro passo dado por outro grande campeão e pela preciosa contribuição de muitos amigos das corridas.

 
Ver aqui.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

2ª Corrida e Caminhada da Água.

O Aqueduto das Águas Livres é um complexo sistema de captação, adução e distribuição de água à cidade de Lisboa e que tem como obra mais emblemática a grandiosa arcaria em cantaria que se ergue sobre o vale de Alcântara, um dos bilhetes postais de Lisboa.
O Aqueduto foi construído durante o reinado de D. João V e depois de ter entrado em funcionamento, em 1748 (resistindo incólume ao terramoto de 1755), toda uma nova rede de chafarizes e fontes foi construída na cidade, alimentados por gravidade.
Em finais do seculo XIX começou a perder muita da sua importância mas mantendo-se  em funcionamento até finais da década de 60 do século XX, altura em que foi desactivado.
Actualmente é possível fazer um passeio guiado pela arcaria do vale de Alcântara. Também é possível, ocasionalmente, visitar o reservatório da Mãe d'Água das Amoreiras, o Reservatório da Patriarcal e troços do aqueduto geral na região de Belas e Caneças.
Fonte: wikipédia.

Passar o aqueduto a correr foi também possível na manhã do último domingo para todos aqueles que participaram na 2ª Corrida e Caminhada da Àgua, evento organizado pela Xistarca com o apoio da EPAL e constituído por uma caminhada de aproximadamente 3 quilómetros e uma prova competitiva de 10 quilómetros sendo que o ponto alto dos percursos (com partidas e chegadas em Monsanto) residiu na passagem do aqueduto.
Numa manhã que começou com alguma neblina mas que viria a “aquecer” bastante para mim foi um regresso ao aqueduto (tinha-o passado uma vez a correr, no 1º G.P. José Araújo) e tive neste regresso a companhia da Isabel que participou na caminhada.
Uma manhã de domingo muito bem passada.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

35.

Depois da minha participação na última meia-maratona Rock’n’Roll de Portugal 2012, "35" passou a ser o número de "meias" que já corri, depois de em Maio de 2009 ter feito uma resenha das 14 primeiras e em outubro de 2010 das 11 que se seguiram fica agora neste outubro de 2012 as 10 "meias" corridas desde então:

A Vigésima Sexta
36ª Meia-Maratona da Nazaré (14.11.2010)
1h37'16''
Mais uma vez e como sempre aconteceu na Nazaré a meta foi cortada de mão dada com a Vitória e com o meu melhor registo na distância.

A Vigésima Sétima
21ª Meia-Maratona de Lisboa (21.03.2011)
1h56'12''
A caminho de Ronda encaixei antes da prova 23 quilómetros a que se seguiram os 21 da prova.

A Vigésima Oitava
V Média Maratón de Tentúdia (29.05.2011)
2h17'17''
A minha primeira "meia" em terras de "nuestros hermanos", uma "meia" de montanha, a minha única "meia" acima das 2 horas.

A Vigésima Nona
35ª Meia-Maratona de São João das Lampas (10.09.2011)
1h44'14''
Na minha 5ª vez na minha "meia" favorita como sempre aconteceu a meta foi cortada de mão dada com a Vitória e pela primeira vez nas "rampas" baixei da 1h45’.

A Trigésima
12ª Meia-Maratona de Portugal (25.09.2011)
1h41'55''
Mais uma presença na ponte Vasco da Gama, mais uma vez sem a Isabel mas na companhia de muitos amigos.  

A Trigésima Primeira
Meia-Maratona da 26ª Maratona de Lisboa (04.12.2011)
1h45'17''
Depois da queda que sofri em outubro de 2011 e que me impediu de correr durante cerca de 2 meses esta "meia" marcou o meu regresso às corridas.

A Trigésima Segunda
22ª Meia-Maratona de Lisboa (25.03.2012)
1h37'50''
De novo a caminho das provas com 3 dígitos terminei com aquele que é o meu 2º melhor registo na distância.

A Trigésima Terceira
IV Meia-Maratona na Areia (06.05.2012)
1h41'58''
Entre provas de 3 digítos (Mérida em abril e UTSM em maio) no regresso a uma das "meias" que mais gosto terminei com aquele que é o meu melhor registo nesta prova.

A Trigésima Quarta
36ª Meia-Maratona de São João das Lampas (08.09.2012)
1h49'21''
Na minha sexta vez consecutiva na minha meia favorita voltei a terminar com um tempo em linha com o das minhas primeiras vezes nas rampas e como sempre de mão dada com a minha menina de ouro.

A Trigésima Quinta
11ª Meia-Maratona de Portugal (30.09.2012)
1h48'12''
Voltar mais uma vez, 10 anos depois e como naquele ano de 2002 na companhia da Isabel, muito bom...

Resumidamente estas 35 "meias" repartiram-se do seguinte modo,
Por prova:
Lampas, Portugal e Lisboa - 6
Nazaré - 4
Areia - 3
Figueira da Foz, Moita, Setúbal e Meia (prova complementar Maratona Lisboa) - 2
Sportzone e Tentúdia - 1

Por tempo:
Menos que 1h40 - 9 (melhor marca: 1h37'16'')
De 1h40 a 1h45 - 11
De 1h45 a 1h50 - 10
De 1h50 a 2h - 4 (pior marca: 1h56'12'')
Mais que 2h - 1 (2h17'17'')

Por ano:
2003 - 2
2007 - 5 
2008 - 5
2009 - 8
2010 - 6
2011 - 5
2012 - 4

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Meia-Maratona Rock'n'Roll Portugal 2012.

...ou 10 anos de corridas...

Corria o ano de 2002 quando na companhia da Isabel reiniciei a prática regular da corrida, ao final do dia e depois do dia de trabalho começámos então a correr no terreno que existe perto da nossa casa (onde se realizam as festas de Corroios), a nossa primeira prova foi uma mini da Ponte Vasco da Gama, prova feita a dois…
Ano de 2002 - recomeçar:

Voltámos de novo os dois em 2003 e levámos connosco amigos e familiares, eu corri então a minha 2ª "meia" depois de me ter estreado na distância na outra ponte, a Isabel participou de novo na mini...
Ano de 2003 - regressar:

A partir de 2007, ano em que voltei a correr "meias" só por uma vez não estive na Ponte Vasco da Gama (em 2008 devido a doença da minha menina de ouro), neste 2012, dez anos volvidos foi muito bom regressar mais uma vez e ter tido a companhia da Isabel.
Da minha prova dizer apenas que correu bastante mal (terminei com 1h48'12'', um dos meus piores tempos em "meias") mas o objectivo principal, direi único, comemorar 10 anos de corridas, esse foi totalmente atingido.
Para abrilhantar a festa a manhã de domingo terminou com "Xutos", alguns temas a levarem ao rubro as largas centenas de participantes, entre os quais eu a Isabel que sempre gostámos muitos de Xutos.
No sábado e na abertura da "nossa" comemoração a Vitória participou na prova dos mini-campeões, foi um fim-de-semana à "maneira", à nossa maneira, venham mais 10…
Ano de 2012 - renascer:

Madrid - Lisboa...

Ontem voltei a participar na meia-maratona de Portugal, a primeira das provas em Portugal a fazer parte do circuito de corridas Rock'n'Roll cuja estreia no continente europeu se deu na Maratona de Madrid do passado mês de abril, prova onde também estive presente.
Madrid-Lisboa, 2 provas espectaculares, ficam além de belas recordações 2 t-shirts muito bonitas e duas medalhas das mais bonitas que já recebi além das "asas" que ganhei por ter estado nas duas provas.
Em breve falarei da nossa meia de Portugal, prova que foi para mim e para a Isabel muito mais que uma prova, foi uma comemoração de 10 anos de corridas...