Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



terça-feira, 15 de junho de 2010

Brisas do Atlântico 2010.

[clicar na imagem para ver melhor]

Em cima à esquerda - dupla TANDUR na fase de aquecimento (em Almograve).
Em cima à direita - fase inicial da prova de patinagem.
Ao meio à esquerda - dupla TANDUR na fase inicial da prova (ao lado de uma lenda viva do atletismo português).
Ao meio à direita - dupla TANDUR nos metros finais da prova (em Zambujeira do Mar).
Em baixo à esquerda - com as duas pessoas que eu mais amo na vida.
Em baixo à direita - dupla TANDUR durante o treino longo de sábado.

Na passado 5ª feira, feriado nacional (10 de Junho), participei numa prova de aproximadamente 20 quilómetros, prova englobada nas "Brisas do Atlântico", evento multidisciplinar que contou com 6 modalidades (atletismo, desporto adaptado, patinagem, pedestrianismo, cicloturismo e BTT).
Os percursos das modalidades de atletismo, desporto adaptado, patinagem e cicloturismo eram de 21 km. O pedestrianismo contou com uma prova de 2,5km e outra de 8km.
A organização destas "Brisas do Atlântico" foi do Município de Odemira e do Núcleo Desportivo e Cultural de Odemira e segundo a autarquia o evento pretendeu "contribuir para um desporto melhor, mais justo e mais equilibrado". "Apoiar a população mais carenciada do concelho de Odemira" era outro dos objectivo desta edição das "Brisas do Atlântico" no âmbito do "Ano Europeu da Luta contra a Pobreza e Exclusão Social". As receitas angariadas no evento reverterão a favor de famílias desfavorecidas, através da aquisição de alimentos de primeira necessidade.

Como disse participei na prova de atletismo, a qual teve partida em Almograve e chegada na Zambujeira do Mar, duas bonitas localidades à beira-Atlântico.
Da minha prova dizer que tive durante a mesma a companhia do meu cunhado Vitor, prova durante a qual corremos quase sempre sem ninguém por perto, passámos aos 10 quilómetros com 47 minutos, sensivelmente a partir dos 14 quilómetros aumentámos um pouco o ritmo o que nos permitiu até final da prova passarmos vários atletas, terminámos com um tempo final a rondar a 1h32' para os 19,6 quilómetros (segundo o meu garmin) que nos levaram de Almograve a Zambujeira do Mar, tempo modesto mas que fruto do reduzido número de participantes e de existirem prémios para os 20 primeiros de cada escalão ainda me deu direito a ser premiado (classifiquei-me em 11º lugar entre os 15 veteranos II que terminaram a prova).
A existência desta prova foi uma bela maneira de dar início ao nosso período de 4 dias passados bem perto da Zambujeira do Mar, aqui, dias há já algum tempo planeados e passados na companhia da família Veloso, dias que acabaram por serem muito retemperadores.
A terminar dizer que além da prova referida realizámos mais dois treinos por terras do Alentejo, um longo no sábado e uma hora a rolar no domingo sendo que no total dos 3 dias (5ª, sábado e domingo) corremos cerca de 53 quilómetros.
Faltam agora 47 dias para o Raid Melides-Tróia.

A "nossa" casa durante os 4 dias no Alentejo.

5 comentários:

Filipe Fidalgo disse...

Olá, António.
Parabéns pela prova e pela Excelente Classificação, a incansável dupla Tandur não pára. Pode ser que nos encontremos no vosso treino de dia 20.

1 Grande Abraço da família Fidalgo

Vitor Veloso disse...

Dur
Foi um fim de semana prolongado passado da melhor forma em família, a piscina ainda não me saiu da memoria, :-)
Não interferindo com o lazer a corrida tem que estar presente, foi um acumular de tempo/quilómetros nas pernas gratificante, o Raid esta ai não tarda!!!!
Estou esperançado em participar no Raid, vamos ver se te faço companhia!
Grande abraço
Tan

luis mota disse...

Olá António!
Devem ter sido uns belos dias, pelo descanso e a pensar em Tróia.
Boa preparação companheiro!
Cumprimentos para todos,
Luís mota

joaquim adelino disse...

Grande fim de Semana amigo António, foram uns dias de Férias bem "trabalhosas", espero que tivesse sobrado algum tempo para um mergulho ainda que as águas estejam um pouco frias nesta altura.
Desejo boa continuação de treinos para Melides.
Abraço para todos.

Mário Lima disse...

António

Já estive a ler os temas anteriores e isso é sempre a dar-lhe.

:))

O que vale é que Zambujeira do Mar nesta altura tem o silêncio como companhia e não o barulho do Festival Sudoeste.

Uma boa prova (parabéns pelo teu 11º lugar), a companhia da família, o turismo rural, é tudo que o Homem precisa. O resto da vida é fait divers (era bom não era?)

:))

Abraços e beijinhos às meninas.