Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



segunda-feira, 28 de abril de 2008

Dia de Treino Longo (mais um longe de casa).

Ontem foi dia do meu habitual treino longo semanal, desta feita por terras do Algarve onde passámos o fim-de-semana prolongado devido ao feriado do 25 de Abril e no qual tivemos a companhia da minha irmã e do meu cunhado.
Levantei-me por volta das 7h15 da manhã, a Vitória e a mamã dormiam ainda profundamente, também como habitualmente tentei preparar-me o mais silenciosamente possível para não as acordar, já na rua fiz alguns exercícios de ginástica, o Sol que aquela hora já se fazia sentir confirmava que iríamos ter continuação do tempo quente que tinha estado nos 2 dias anteriores, ainda não eram 8 horas quando saí para o exterior do "nosso" empreendimento localizado no sítio na Balaia e comecei a correr…
A primeira parte do meu treino em terras Algarvias levou-me até à praia de Santa Eulália, onde tínhamos estando durante a tarde de sábado, o parque de estacionamento completamente vazio, também na praia não se via ninguém.
Junto à beira-mar corri todo o areal, ora num sentido, ora noutro, repetindo vezes sem conta o relativamente curto mas apetecível percurso, concentrei-me no som produzido pela leve rebentação das ondas, por vezes pareceu-me ouvir o riso da minha menina de ouro, recordei-me das nossas brincadeiras do dia anterior.
Foi um momento só meu, um gozo imenso em desfrutar daquela praia só para mim, o som do mar que me trazia o riso da Vitória, o sol a fazer-se sentir na minha pele, a areia a dificultar por vezes a corrida, a solidão do corredor, que eu adoro, sempre adorei e na qual cada vez mais encontro um grande prazer.
Quando estava quase prestes a completar uma hora de corrida começaram a chegar as primeiras pessoas à praia, foi também a altura de dar início à segunda parte do meu treino, segunda parte que foi feita em estrada, isto é, foi mais por passeios (Oura, Areias de São João, Albufeira), engraçado o sossego naqueles locais aquela hora matinal, locais que estou acostumado a ver a fervilhar de pessoas e animação, quase ainda tudo fechado, também ainda poucas pessoas nas ruas, deste e daquele hotel saiam autocarros (daqueles que vão buscar os turistas para os levar para variadíssimos sítios), o movimento de carros também bastante reduzido…
Cheguei a Albufeira após 1h15 desde que tinha começado a correr, foi a altura de "virar" e voltar ao local de partida, uma parte do percurso exactamente igual ao que tinha feito (após a 1ª parte do treino feito na praia) mas em sentido contrário, e depois a parte final por estradas não utilizadas no percurso de ida de modo a entrar no empreendimento pela entrada secundária.
Conclui o treino junto à porta da casa onde estávamos alojados, 1h40 depois de ter iniciado com os últimos 40 minutos, feitos como disse, em estrada e, a um ritmo um pouco menos lento que a primeira hora, perfazendo uma distância total de 19 quilómetros de corrida.
Pouco passava das 9h30 da manhã e à sombra das árvores existentes no local realizei ainda alguns alongamentos.
Excelente fim-de-semana e mais um "longo" realizado longe de casa, desta feita, em terras Algarvias.

5 comentários:

Carlos Lopes disse...

Ola António

maravilha de treino o teu, este fim de semana também andei a treinar perto do mar, sabe tão bem.Continuação de uma boa semana

Carlos Lopes disse...

Ola António

So tenho prova dia 4, tu tens alguma no dia 1?

FANÁTICOS E LUNÁTICOS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Bonito de ler António. Como a maioria das suas descrições de treino. Com um sorriso li, acompanhei-o, e acho que corri um pouquinho consigo nessa praia e até ouvi e cheirei o mar. Espero que não se importa e desculpe a intrusão.

E obrigada por me fazer sorrir, e recordar como é bom correr e lembrar os rostos e os sorrisos de quem amamos e deixamos adormecidos... à nossa espera.

Um beijinho para si, para a Vitória e para a Isabel

E certamente até um dia destes numa prova qualquer.

Ana Pereira

António Bento disse...

fantástico António.
grande espírito, grande momento na corrida e no relato na blogosfera.
votos de uma excelente corrida hoje. um forte abraço à família e até breve.
estou em falta com o correio mas lá chegará ;-)
ab