Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



terça-feira, 13 de maio de 2008

XIX Meia-Maratona Internacional de Setúbal.

Na manhã do passado domingo disputou-se a XIX Meia-Maratona Internacional de Setúbal, acabei por conseguir participar na mesma depois de o ter previsto fazer há já uns meses (era um das provas que eu queria fazer em 2008) mas de ter estado na dúvida se o poderia fazer desde sexta-feira passada, dia em que a Vitória ficou febril mas felizmente que não foi nada de grave e domingo já estava tudo bem com ela.
Vitória que me acompanhou a esta prova com a mamã e com os tios Ana e Manuel (a minha irmã e o meu cunhado), tendo os quatro participando na mini-maratona das famílias, prova não competitiva com 4 quilómetros de extensão.
Ambas as provas tiveram o seu início passavam alguns minutos das 10 horas, na Avenida Luísa Todi (onde também estava instalada a meta), em frente à Praça do Bocage.
Depois de uma parte inicial corrida no interior da cidade e com bastantes pessoas a assistirem seguiu-se grande parte do percurso na Estrada da Mitrena, na zona industrial da cidade, parte do percurso onde estavam poucas pessoas a assistirem mas de que eu gostei bastante, em especial quando corremos lado a lado com o Sado.
A minha prova correu muito perto do que eu esperava, sensivelmente até ao terceiro quilómetro senti-me algo "preso", com o avançar dos quilómetros fui-me "soltando" e completei a primeira légua em 23’20’’ (já no ritmo que tinha previsto), na segunda légua quase que nem senti os quilómetros a passarem e completei a dupla légua alguns segundos abaixo do que também tinha previsto, no decorrer na terceira légua tentei passar aos 13 quilómetros abaixo da hora (o que consegui à tangente) e completei as três primeiras léguas em 1h09’30’’, na quarta e última légua corri muito tempo "isolado", fui ultrapassando e sendo ultrapassado por alguns atletas mas ficando quase sempre sozinho, completei os 20 quilómetros com 1h33’50’’ (mais 30 segundos do que o previsto), já na recta da meta vi a Isabel e a Vitória, cheguei junto delas e olhei ao longe o relógio que marcava 1h38’ (os segundos esses corriam…), também eu continuei a correr para cortar a meta de mão dada com a Vitória…numa altura em que o relógio marcava 1h39’01’’ (média de 4’42’’/km), num ritmo muito perto do que tinha previsto fazer (4’40’’/km) e inferior em 8 escassos segundos ao meu melhor registo até então na distância que era de 1h39'09'' na "meia" de Dezembro de 2007 em Lisboa.
Um tempo ainda assim bastante modesto mas que para mim foi excelente.
Classifiquei-me no lugar 386 e no meu escalão, M4549, ocupei o 58º lugar (escalão em que terminaram 110 atletas).
A prova teve o total de 762 atletas classificados na meta, 48 femininos (6,30% do número total) e 714 masculinos (93,70% do número total).
Os atletas mais rápidos foram, no sector feminino a atleta Dulce Félix (SC Braga) com o tempo de 1h12’03’’ (19ª da classificação geral) e no sector masculino o atleta queniano Laban Korir com o tempo de 1h06’32’’.

Gostei bastante de ter participado na XIX Meia-Maratona de Setúbal, uma prova com um percurso muito fácil, percurso que esteve vedado e condicionado ao trânsito e no qual existiu marcação dos quilómetros e 3 abastecimentos ao longo do mesmo.
Durante o decorrer da prova o tempo esteve bastante agradável para correr, embora estivesse algum vento que por vezes foi mesmo forte e tenha caido uma chuva miudinha que a mim me apanhou já nos últimos quilómetros da prova mas que até deu para refrescar.
Termino referindo que na minha opinião a prova teve também pontos negativos, dos quais destaco os seguintes três:
1-Os dorsais para esta prova, segundo o site oficial da mesma, seriam também entregues na tarde de sábado além de o serem no próprio dia da prova, afinal os mesmos foram entregues apenas no domingo.
2-A não separação da partida das 2 provas ("meia" e "mini"), partiu tudo misturado e ao mesmo tempo, partida que foi bastante confusa e com algum atraso resultante disso mesmo.
3-Um saco de prémios de participação ("singlet" de corrida, boné e pouco mais) pouco condizente com o preço de inscrição na prova (7,5€), também atribulada e demorada a entrega aos atletas dos sacos com esses prémio, em grande parte devido ao facto de ser uma incógnita o tamanho da "singlet" que vinha em cada um dos sacos, o que poderia ter sido facilmente evitado se previamente tivesse existido separação dos referidos sacos pelos tamanhos da referida "singlet".
Aspectos menos bom mas facilmente corrigidos que não retiram brilho a uma prova que no seu conjunto foi bastante boa.
§
A Vitória, a mamã e a tia Ana antes da partida da "mini".

As três já no decorrer da "mini".

Eu com a Vitória na recta da meta.

1 comentário:

CORREDOR " X " disse...

Bom dia Antônio, pelo resultado seu, e vendo a postagem posterior concluo que as provas aí em Portugal o nível é alto. Por aquí há mais participantes que fazem a 1/2 acima das 2 horas