Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



sexta-feira, 27 de junho de 2008

De novo o prazer de correr à noite.

Amanhã à noite participarei pela terceira vez na Corrida das Fogueiras, uma prova a que eu não podia faltar, a qual será também a minha terceira corrida nocturna deste mês de Junho.
Será igualmente a minha terceira participação nas "Fogueiras" depois de ter marcado presença em Peniche no último sábado de Junho em 2003 e 2007, os anos em que participei na Corrida das Fogueiras.
Na primeira participação registei o tempo de 1h05’30’’, o meu melhor registo até hoje na distância dos 15 quilómetros, ao invés na minha segunda participação registei um tempo (1h13’14’’) que é o meu pior registo na distância.
Mas dessas duas noites o que ficou acima de tudo foram gratas recordações de uma prova ímpar, sempre muito acarinhada pela gente boa de Peniche e, claro... o enorme prazer de correr à noite.
A Corrida das Fogueiras é uma prova sempre fortemente participada, nos últimos 4 anos registou sempre um número de participantes na meta superior a 1500.
Para a edição deste ano encontravam-se inscritos até hoje um número de atletas muito perto do limite imposto pela organização (2000), pelo que é previsível que a prova possa vir a registar um novo recorde do número de participantes classificados na meta, o qual está em 1601 desde o passado ano.
Como tem acontecido nos últimos anos disputa-se também uma prova não competitiva, denominada "Corrida das Fogueirinhas", este ano na sua 8ª edição e que à semelhança da corrida principal tinha um limite de número de participantes, igualmente imposto pela organização e igualmente 2000, número já atingido há uns dias.

Uma boa prova e uma grande noite de sábado para todos os que amanhã estarão em Peniche, vai ser com toda a certeza.

Sem comentários: