Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Tempo de agradecer.

Agradecer nunca é perda de tempo!
Começo este meu post de hoje com a frase que em tempos li num excelente blogue sobre corridas (abraço J.).
Hoje é pois tempo de agradecer a todos aqueles que por aqui passaram, em especial aos que com os seus comentários enriqueceram estas “palavras de corredor”.
Agradecer por ter conhecido pessoalmente algumas pessoas com quem travei conhecimento aqui na blogosfera, pessoas que vieram também elas enriquecer a minha vida (António Bento, Ana Pereira, Carlos Lopes, Luís Mota, Miguel Paiva, Fernando Andrade, Susana Adelino, Joaquim Adelino), bem como respectivas famílias e amigos.
Agradecer a todos os que por aqui passaram (comentando ou não) e que não tive ainda o privilégio de conhecer pessoalmente, decerto que não faltarão ocasiões para que tal ainda aconteça.
Agradecer aos companheiros da blogosfera do país irmão, em especial àqueles com quem cimentei fortes laços de amizade (ainda que virtuais).
Agradecer à minha irmã e ao meu cunhado pela disponibilidade e companhia em algumas provas e treinos.
Agradecer por ter a mulher que tenho.
Agradecer pela nossa “menina de ouro”.
Agradecer...

13 comentários:

joaquim adelino disse...

Amigo António
É natural o seu sentimento.
Há momentos especiais em que nos sentimos honrados por pertencer a um grupo tão numeroso de amigos e com eles partilhar as histórias e a nossa vívência diária, bem como o convívio e amisades criadas no dia a dia e particularmente no que diz respeito ao nosso envolvimento nestas coisas da corrida.
O seu sentimento é certamente também partilhado por todos nós. Eu, que por aqui ando à pouco tempo fico feliz por poder contribuir para que a auto estima entre nós se fortaleça cada vez mais na convicção de que a vivência saudável é e será sempre benéfica para todos.
Receba um abraço.

MPaiva disse...

António,
Agradeço a simpática referência à minha pessoa, mas, no que me diz respeito, não precisas de agradecer. A amizade que conseguimos criar neste espaço virtual (e que, por acaso, já se transpôs para o mundo real) brotou espontâneamente e por isso é que nos ajuda, a todos, a ser um pouco mais felizes. Sentir que há alguém que se interessa pelas nossas coisas é reconfortante e, no caso da partilha da "aventura" das corridas e especialmente das maratonas, estimulante. Por isso mesmo aquilo que conto é que o conhecimento que travamos tenha sido apenas o início de uma relação de partilha e companheirismo que nos mantenha ligados por muitos e muitos anos!
abraço
MPaiva

Triblog disse...

Não há de quê amigo, todos temos uma paixão comum que é correr!

Jorge disse...

Meu amigo Antônio, ainda não tivemos a oportunidade de nos conhecer pessoalmente, mais neste um ano que nós conhecemos virtualmente deu para ver que vc é um amigo muito querido, parabéns pelo relato e vamos agradecer sim, mais primeiro a DEUS, nosso ser surpremo que nos permite acordar todos os dias com saúde e a familia querida que nós temos e também os amigos.
E´ isso ae. valeu.
Boas passadas.

JORGE CERQUEIRA
www.jmaratona.blogspot.com

Ricardo Hoffmann disse...

Belo post António. Na verdade, tb agradecemos por seus textos e sua amizade, ainda que virtual (por enquanto). Bom fim de semana.

luis mota disse...

Olá António!
Entrei neste mundo depois de si. As “palavras de corredor “foi um espaço que visitei com regularidade.
Após a parte virtual encontramo-nos em diversas provas onde a amizade e o convívio foi nota dominante.
Tenho a felicidade de ter o António e restante família como amigos.
Grande e forte abraço,
Luís Mota

Mark Velhote disse...

Olá António,

Ao entrar neste mundo de blogs de atletismo foi um momento especialmente comovente encontrar o seu!
Tão ou mais importante que cortar a meta é ter as minhas filhotas à espera no final ou mesmo vê-las durante a prova a acenarem-me!

O nosso Muito Obrigado pelo seu blog!

Um abraço

Ms Harkins disse...

António,

eu particularmente te agradeço pelas visitas ao meu blog e pelos comments legais que deixas por lá.

Abraço

Fernando Andrade. disse...

Amigo António
Vejo neste seu agradecimento um gesto nobre ao qual, vendo-me eu incluído nas pessoas que referiu, não posso deixar de ficar sensível.
No fundo, a blogosfera é um espaço de partilha, que mal comparando, é como as antigas adegas da aldeia, em nas tardes de Domingo, os amigos se juntavam na adega do A; a seguir iam para a adega do B; depois do C... até que chegavam à noite e estavam "tratados".
E eu gosto de vir à sua "adega", amigo António, pois também gosto de o ter na "minha".
Grande abraço.
F.A.

João Meixedo disse...

desde que não seja um agradecimento de despedida...

António Almeida disse...

tempo ainda de agradecer as palavras tão simpáticas dos meus queridos amigos, muito obrigado!
Forte abraço.

Anónimo disse...

Olá Amigo António, Isabel e Vitória.
agradecer? creio que somos nós, eu, que temos que agradecer!!!
não é todos os dias que encontramos um carácter destes, que nos entra pela vivência adentro. É claro que entra porque deixamos, mas, e sobretudo, porque queremos e precisamos de Homens deste calibre.
Já não vinha para estas bandas há uns dias (não sei mesmo aproveitar o que de melhor há nesta vida :(, e surprise, surprise, vejo-me honrado com tamanha simpatia do meu Amigo.
Caro és um must, um special one (tu sim ... :) e acredita que com o exemplo que deixas, uma enorme força nos transmites e uma imensa motivação nos inspiras.
Um forte abraço, beijos à família,
e... OBRIGADO!
AB - Tartaruga

António Almeida disse...

ainda e sempre tempo de agradecer, agora as palavras do meu querido amigo António "tartaruga" Bento, palavras que me deixam a mim sem palavras...acho que não mereço tanto...
Obrigado!
Forte abraço,
António Almeida