Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Dia de treino longo (e...de votar).

Ontem foi dia de mais um treino longo, tive na parte inicial do mesmo a companhia do meu cunhado Vítor, parte inicial em que corremos 12 quilómetros que nos levaram do Monte da Caparica, donde saímos por volta das 8 horas da manhã, até Corroios, com passagem por Almada, Cacilhas, Cova da Piedade e Laranjeiro.
Continuei depois sozinho e segui por Vale Figueira e Charneca da Caparica em direcção às praias da Costa da Caparica.
Já com 20 quilómetros corridos dos 31 que faria durante a manhã de domingo, na última parte do treino, corri até à Costa da Caparica pela estrada que liga esta à Fonte da Telha, tendo depois na Costa tomado a direcção do "calçadão", onde uma vez chegado corri o mesmo em toda a sua extensão, após o que me dirigi para as instalações do Inatel onde dei por concluído, 2 horas e 50 minutos depois de ter começado, o meu treino longo, o que fiz de mão dada com a Vitória, que já por lá estava na companhia da mamã, dos tios e da prima Carolina.
Este foi particularmente um treino agradável, pelos metros finais do mesmo em que tive mais uma vez a Vitória a correr comigo e também pela primeira parte do mesmo, em que além da companhia do Vítor, passámos por ruas de Almada onde eu já não passava a correr há mais de 20 anos, ruas de que guardo muitas recordações (as relacionadas com corrida quase sempre muito felizes), nomeadamente a rua onde nasci, cresci e vivi mais de 3 décadas.
O meu direito (mais que dever) de votar foi exercido após o almoço.
Daqui a 15 dias, de novo em dia de votar, será também dia de mais um treino longo.
No próximo domingo participarei na primeira das 5 provas que farei em Outubro.
Faltam agora 40 dias para a Maratona do Porto.

Metros finais do meu treino longo de domingo
(Foto de Vitor Veloso)

9 comentários:

Carlos Lopes disse...

ola António

tal como eu, também andaste nos longos. Parabéns pelo treino.

Anónimo disse...

Grande malha Amigo

que espectáculo de treino, com um belo dia, em soberba companhia, com um final totalmente feliz.
Parabéns pelo treino, pela família e pelo voto: temos esse dever, direito e poder, o de decidir. Pena que haja uma elevada percentagem de pessoas que não o deseje exercer sob variadas desculpas, que à excepção da doença, para mim não pegam!
GRande abraço, beijos à família.
AB Tartaruga

luis mota disse...

Olá António!
Um belo domingo de corrida.
A treinar assim quem vai voar é o António no Porto. Depois do que passei nas duas primeiras, Porto e Lisboa, apenas tenho um objectivo nas Maratonas em que participo. Chegar bem junto de quem me espera.
Continuação de boa preparação para o Porto.
Luís Mota

MPaiva disse...

Bom treino António! No domingo também fiz 30 Km nas estradas do concelho de Vila do Conde. Andei sozinho mas pensando na Maratona nada custa.
Confesso que é com grande ansiedade que aguardo a chegada do dia do nosso Meeting blogger, para podermos conviver mais um pouco e, claro, do grande dia da Maratona!

Forte abraço do
MPaiva

Joka disse...

Muito, muito bom Antonio, sinto inspiração em seus longa distancia...Show guerreiro!!! Bons treinos

Vitor Veloso disse...

Oi
Este meu joelho quando ficar bom, haveremos de fazer esse trajecto do principio ao fim.
Abraço

joaquim adelino disse...

Amigo António.
Encomtra-se numa boa fase do treino ideal para a Maratona. Eu ainda ando atrasado, vamos a ver se ainda sou capaz de recuperar.
Parabéns pelo treino.
Abraço para todos.

Mário Lima disse...

Olá António

Desde 1997 que não faço uma maratona. Ao ler-te relembro aqueles kms que fazia sozinho desde a Pontinha até Guerreiros (Loures) ida e volta eram 35km.

Já tinha lido num outro tema teu, também outro treino longo, tudo porque fazer uma maratona assim o exige.

É duro, é cansativo, mas quando se corre voámos com a nossa mente para tanta coisa e neste passaste por Almada que tão boas recordações te trazem.

Que consigas os teus objectivos na Maratona do Porto, onde terás muitos amigos da blogosfera, e que a pequena Vitória corte contigo mais uma etapa, mais uma corrida.

Abraço!

José Xavier disse...

Caro António;

Este periodo é bem sofrido, e os frutos deste esforco só serão colhidos mais tarde, e isso torna-se emocionante.
Como demonstra a foto, no final de um treino dessa natureza, ter o aulixio da filha, tudo se torna mais fácil.

Um abraco amigo...e forca para as próximas semanas.

Xavier