Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



segunda-feira, 16 de novembro de 2009

35ª Meia-Maratona Internacional da Nazaré.

[clicar na imagem para ampliar]
Em cima à esquerda: antes da prova (Mariana, Susan e eu).
Em cima à direita: depois da prova (Andrade, eu e Mota).
Ao meio à esquerda: na recta da meta (Daniel e Susana).
Ao meio à direita: ainda na recta da meta (Magro e Adelino).
Em baixo: durante o almoço.

A meia-maratona da Nazaré é uma prova especial, apesar de algumas coisas menos boas, muitos são aqueles que depois de uma primeira vez voltam ano após ano.
Para mim foi a terceira vez que corri a "mãe", como nos anos anteriores aproveitámos e passámos o fim de semana na Nazaré, uma semana depois da maratona do Porto foi um excelente modo de retemperar forças.
Sabia da presença de alguns companheiros da blogosfera mas antes da prova só consegui encontrar a família do Mota (Luís Carlos, Susan e Mariana).

Voltinha inicial à vila feita e pouco depois da passagem pela zona da partida/chegada, passei a ter a companhia do Nuno Cabeça, fomos conversando, também mesmo sem forçarmos muito fomos ultrapassando outros atletas, o Nuno nessa fase corria mesmo à vontade e cheguei a pensar que lá mais para diante não o ia conseguir acompanhar, chegámos aos 10 quilómetros com um tempo a rondar os 48 minutos (sensivelmente o que fiz na maratona do Porto), seguimos ainda juntos quase até ao ponto de retorno (já em Famalicão), altura em que senti o Nuno a deixar-se ficar.
Já após o ponto de retorno deixei-me ir aproveitando o percurso ligeiramente a descer e o vento que após o retorno foi uma boa ajuda.
Em sentido contrário ia trocando incentivos com alguns companheiros, Mário Lima, também os "bombeiros" Susana e Daniel (uma surpresa para mim quando os vi pois sabia que não eram para estar presentes), também em ritmo de descontracção o Magro e o Adelino.
Nos quilómetros de regresso à Nazaré fui quase sempre ultrapassando outros atletas, entre eles o Andrade que ficou meio surpreso por me ver passar.
Quase sem ter dado por isso dei por mim já naquela longa recta da meta, ao longe vi a placa dos 20 quilómetros, ouvi anunciar o tempo...1h34', qualquer coisa, pensei que ia acabar com um tempo muito parecido ao de 2008, se calhar melhor, já bem perto da meta vi a Isabel que já ia passando a Vitória por cima das grades, cheguei junto delas, peguei na mão da Vitória e juntos cortámos mais uma meta.
O recorde fica para a próxima.

Depois da prova alguns momentos de conversa com o Mota e o Andrade.
O almoço esse foi na agradável companhia do Adelino e seu clã (Susana, Daniel e Hugo), ontem reforçado com 2 "bombeiros" de última hora, também dos elementos do grupo de treino do Adelino, tudo pessoal "5 estrelas".
Deixámos a Nazaré já depois das cinco da tarde, choveu durante toda a viagem, a Vitória essa dormiu.
Voltarei a participar em provas no próximo mês de Dezembro, até lá boas corridas para todos.

A Vitória com os "Motinhas".

Classificações da prova.

9 comentários:

joaquim adelino disse...

Muito bem António, obrigado pela companhia e pelos incentivos que me transmitiu numa altura em que eu subia e o António descia e onde as forças ainda estavam intactas.
O convívio final foi bonito e onde a Vitória esteve encantadora, com todos.
Um abraço para todos e bom repouso.

Mário Lima disse...

Olá António

É sempre bom ver que depois de tantos esforços em provas longas (incluindo treinos), manténs a "pedalada" e pouco ressentes das provas feitas nos Domingos anteriores, neste caso depois de uma Maratona no Porto.

Sinal de muitos e bons treinos, e quando na volta chamaste pelo meu nome deste-me um pouco de asas - sem Red Bull - pois é sempre bom o incentivo, mesmo que depois as pernas não dêem para mais (o Andrade é que deve ter ficado surpreendido quando o incentivei e ele olhou para mim, como a dizer: - De onde conheço este "caramelo"?

:)

Fizeste boa prova, e é sempre uma vitória quando se tem uma Vitória na mão a cortar a linha da chegada.

Parabéns e até uma próxima!

José Alberto disse...

Olá António,

Muitos parabéns por mais esta corrida.

Que grande forma! É espantoso como o António tem mantido a regularidade ao longo dos últimos mêses nas imensas provas em que tem participado, com brilhantismo.

Continuação dessa alegria de correr.

Abraço

José Alberto

Joka disse...

Otimo guerreiro !!! Parabéns por mais uma prova concluida. Bons treinos amigo.

Pedro Ferreira disse...

Excelente registo!
Parabéns! É a prova que o treino compensa!

luis mota disse...

Olá António!
Mais uma excelente jornada a caminho de Lisboa.
Agora é altura de meter novamente quilómetros (no domingo) e Lisboa será a próxima etapa.
Gostei muito das fotos. Mas que bela e boa surpresa!
Gostaria de vos pedir o envio das mesmas e das do Porto se possível.
Uma boa semana para vós,
Luís Mota

Joaquim Ferreira disse...

É bonito de ver o António com a família nestas andanças das Corridas, e passar o Fim de Semana na Nazaré, deve ter sido uma ideia excelente, ... assim uma espécie de "entrar em Estágio", para ambientar à relva e às luzes.

Depois, o convívio é também excelente, daí que cada vez mais, as Corridas se tornem um "Vício viciante".

Parabéns por tudo isso!

JOSÉ NARCISO disse...

Olá António!!!
Parabéns pela prova e tempo efectuado, realmente não era nada facil bater recordes com aquele vento mas voçê esteve quase, só revela uma excelente forma fisica e psicologica!!!
Cumprimentos a toda a familia.
José Narciso

Susana disse...

Olá António!
Foi muito giro quando chamei a Isabel depois da nossa partida e quando passámos por si na corrida, pois não nos faziam ali.
Já se está a habituar a ficar à minha frente nas provas, como é?
Rsrsrsrs estou a brincar como é claro! Muito bem!!
Eu e o Daniel gostámos muito do convívio também, e a Vitória está uma fotógrafa genial! Ah pois é!! Aquilo é que foi fotografar! Beijinhos grandes para vocês