Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



segunda-feira, 13 de setembro de 2010

34ª Meia-Maratona de São João das Lampas.

"...o homem sonha, a obra nasce..."

Palavras do grande Pessoa que tão bem se aplicam a uma tal de Meia-Maratona de São João das Lampas, prova durinha, prova que é a segunda mais antiga do país na distância e que neste ano de 2010 teve 380 atletas classificados na meta (254 em 2007, 316 em 2008 e 309 em 2009), palavras que tão bem se aplicam aos homens que sonharam e acreditaram ano após ano ser possível pôr de pé uma prova como as Lampas, palavras que tão bem se aplicam a um dos obreiros desde a primeira hora, o director da prova, figura grande do pelotão português, homem que nos tem deliciado ao longo dos anos com excelente palavras (as suas Melíadas são geniais), também nosso companheiro daqui da blogosfera, Fernando Andrade.
Para o homem, o poeta, o cidadão, o companheiro das corridas e da blogosfera, o amigo, o meu abraço fraterno.
Espero voltar às Lampas em 2011, quem sabe ver mais de 400 atletas a cortarem a linha de chegada...
Termino com palavras de outro poeta, António Gedeão:

"...sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança."

Na foto Fernando Andrade durante a tarde de sábado no execício das suas tarefas de director da prova. Mais fotos da Isabel aqui.

Classificações.

Dados da minha prova:
Distância: 21,1 km
Tempo: 1h46'54''
Ritmo: 5'04''/km
Lugar Geral: 214 (380 atletas)
Lugar Escalão [M4650]: 23 (49 atletas)

10 comentários:

Vitor Veloso disse...

O Fernando Andrade está de parabéns por proporcionar uma boa prova uma das mais antigas, esperemos que continue por muitos mais anos.
Boa prestaçao a tua, Foi um bom enchimento para maratona.
Abraço

Jorge Branco disse...

Bela homenagem ao Fernando Andrade que bem a merece.
Para pela sua, excelente, prova.

luis mota disse...

Olá António!
Um tributo a um Homem que muito tem feito pela corrida.
Louvar a continuidade edições e a qualidade que a levam a ser, para mim, das melhores do calendário nacional. Parabéns Fernando!
Deve ter sido mais um daqueles dias que gostamos e guardamos na memória.
Um grande abraço para ti e para todos os Amigos que estiveram em SJL.
Luís Mota

joaquim adelino disse...

Grande António, com justiça as Palavras do Corredor a baterem em cheio no homem que inteiramente as merece.
Esta grande adesão à prova voltam a encher de moral não só a sua Organização como também aqueles que ano após ano insistem em lá voltar, pese embora a sua dureza e a sua localização em pricípio de época.
Parabéns pela sua excelente prova e também o agradecimento pelo convívio final possível.
Abraço.

Filipe Fidalgo disse...

Amigo, António.
Certamente estará o Fernando Andrade tão orgulhoso pelas suas palavras, como nós ficámos pela excelente prova por ele organizada.
As palavras de Corredor encaixam na perfeição ao nosso amigo Fernando Andrade.
Foi um prazer correr as Lampas na tua companhia, e principalmente na mesma equipa.
Excelente Prova, amigo Tandur, pelo que sei foi um novo PR nesta prova.

Um grande abraço e beijinhos à familia.

ana paula pinto disse...

Parabéns, Corredor. Pela corrida. Parabéns pelas Palavras. Nenhumas outras ilustrariam tão bem a Meia Maratona de S. João das Lampas e o nome por detrás da sua história.

Beijinhos

José Xavier disse...

Olá António;

Merecidas e reconfortantes palavras, para quem muito tem feito pelo Atletismo.

Boa prova !!!

Um abraço
dos Xavier's

Anónimo disse...

olá António
parabéns pela prova e pelo companheirismo. exemplares.
abraço e bjs à família.
AB - tartaruga

Mário Lima disse...

Olá António

Quando num tema se esquece o eu e se fala do outro, é sinal que o outro é merecedor de tudo aquilo que aqui muito bem descreves.

Escrevemos sobre nós e esquecemos quem faz com que nós escrevamos na primeira pessoa.

Sem "Fernandos Andrades" não haveriam blogues sobre corridas.


Um abraço e Parabéns pelo teu texto.

João Paixão disse...

As vantagens de treinar de vez em quando naquelas rampas dá mais confiança, mais moral.
Foi um bom treino.
Abraço e obrigado pela companhia.