Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

3ª São Silvestre de Lisboa (Palavras).

Ontem a família esteve em força na 3ª edição da São Silvestre de Lisboa, a Vitória na prova destinada aos mais novos, a Isabel na "mini" de 3 quilómetros e eu na prova de 10 quilómetros.
A primeira a entrar em acção foi a Vitória que participou na 2ª edição da São Silvestre da Pequenada, a qual se destinava a crianças dos 5 aos 11 anos (bambis, benjamins e infantis).
Antes da partida os atletas mais novos tiveram direito a um aquecimento na companhia de um trio de luxo (Rosa Mota, Jessica Augusto e Dulce Félix) a que se juntaram alguns atletas masculinos de elite presentes.

Entre a São Silvestre da Pequenada e a partida das provas de 3 e de 10 quilómetros houve tempo para reencontrar alguns "piratas" e para tirar uma foto com a nossa madrinha Célia Azenha que adorou ver os seus "afilhados" usarem nos seus equipamentos a prenda que ela nos ofereceu na noite da pirataria.
Tempo também para reencontrar os meus companheiros TANDUR (Filipe Fidalgo e Vítor Veloso) com quem que fiz toda prova em alegre confraternização, durante a mesma ainda avistámos um "pirata", a lebre José Sousa, que exibia a sua salamandra nas costas e que às nossas palavras de "pirata à vista" fez questão de refrear o seu andamento para nos cumprimentar, também a habitual festa, ontem a triplicar, no momento em que passámos pela Isabel e pela Vitória, a não menos habitual festa e incentivos aos amigos com quem nos íamos cruzando (e ontem foram tantos…) e, já na fase final da prova o trio TANDUR fez questão de fazer guarda de honra ao "super-padrinho pirata" Fernando Andrade e foi em linha de 4 que cortámos a linha de chegada de 10 quilómetros de pura diversão e prazer de correr.
Foi mesmo muito bom voltar a correr em Lisboa depois daqueles míticos 42,195 quilómetros do passado dia 5 de Dezembro, agora numa Lisboa que se vestiu de gala para receber os milhares que ontem à noite estiveram presentes neste belíssimo evento que foi esta 3ª São Silvestre de Lisboa, uma São Silvestre que logo no ano de estreia se impôs como a mais participada de todas as que por cá se realizam e que agora na sua 3ª edição quase que duplica esse número já então recorde (ontem foram 3567 os que completaram a prova competitiva de 10 quilómetros), uma São Silvestre também cada vez melhor, Lisboa tem mesmo uma grande São Silvestre a que as bonitas iluminações de Natal existentes em muitas das ruas e praças em que o percurso foi desenhado, iluminações que este ano particularmente estão muito bem conseguidas, deram ainda um maior encanto.

A terminar dizer que nesta minha participação na São Silvestre de Lisboa corri em homenagem a uma pessoa, motivo pelo qual não vi sentido em fazer uso do relógio que habitualmente utilizo pois se o tempo para completar uma prova para mim nunca foi o mais importante ontem muito menos o seria, ontem mais que nunca pretendia que o meu tempo fosse tempo de celebrar a enorme dádiva que é estar-se vivo, tempo de celebrar a enorme dádiva que é ter-se saúde, tempo de celebrar a enorme dádiva que é ter uma família maravilhosa, tempo de celebrar a enorme dádiva que é ter amigos, sem saberem deste meu objectivo (apenas a Isabel e o meu amigo Ricardão o sabiam) os meus companheiros TANDUR surpreenderam-me antes da prova ao me dizerem que faríamos a prova juntos numa boa, sorri por dentro pelas enormes prendas inesperadas com que a vida nos vai presenteando, obrigado também aos dois pela amizade e companheirismo sempre presentes.
Laurinha esta foi em sua homenagem, abraço de Portugal.

10 comentários:

Marcelino ULTRA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelino ULTRA disse...

Estou visitando seu blog pela indicação de meu amigo Jorge Cerqueira - Ultramaratonista.
Neste Natal criei um blog para mim.
Já sou seguidor de seu blog, faça igual, acesse o meu e me siga:
www.marcelinoultra.blogspot.com

Abraços,
Cristiano Marcelino.
ULTRAMARATONISTA.

.JOSÉ LOPES disse...

Olá António
Uma prova que irá crescer devido ao sucesso demonstrado no domingo. Foi grande noite desportiva.

Desejo a toda a família e amigos um Ano Novo cheio de saúde,
e já agora com algum dinheiro.

com os cumps
J.Lopes

Fernando Andrade. disse...

Olá António
Que honra ter tido a "guarda de honra" dos Tandur, nos últimos 2 Km! Muito obrigado.
Aquele Abraço e... nos Olivais há mais.
FA

Mário Lima disse...

Olá António

Ao contrário do que disseste eu chamei por ti no retorno, para além do Vítor, só não vi o Filipe.

Cheguei também relativamente cedo, eram 17h15' mais ou menos, quando o meu neto for um bocadito maior eu estarei lá ainda mais cedo para começar a lançar nele o espírito de corrida.

:)

Esta prova, como o foi para ti, é para me juntar aos amigos e com eles correr lado a lado nos festejos de um abraçar o ano velho e comemorar o ano novo. Só que corri sozinho. Foi-se o espírito que desejo nesta prova.

para correr sozinho já tenho muitas provas durante o ano.

:)

Foi bonito essa dos TANDUR estarem juntos do princípio ao fim.

Um Bom Ano para a Família Almeida tanto no plano desportivo como na vida.

Tudo de bom.

Filipe Fidalgo disse...

Companheiro Tandur.
Os amigos são para os termos lado a lado na nossa vida, seja numa corrida ou para apenas nos darem um abraço.
Para mim é um enorme prazer ter a amizade da familia Almeida e ser TANDUR ao lado de dois campeões.
Um grande abraço e votos de um grande 2011 para toda a familia.

Luis Parro disse...

Grande António,
Bonita prova e chegada em Grande da Equipa Tandur. Parabéns!!!!
Até aos Olivais e talvez Amadora!
Aproveito para desejar um Óptimo 2011 com muitas corridas e tempos do "outro mundo".
Luis Parro

joaquim adelino disse...

Quando as coisas correm tal como planeamos que mais poderemos ambicionar? É assim caro amigo que gostaria de o encontrar sempre durante todo o próximo ano, de sáude e de bem estar com a família e como os amigos.
De facto tenho pena de não vos ter encontrado, ainda vi a prova dos mais pequenos ao de longe, nunca imaginei que a Vitória iria estar lá.
Para o final do Ano desejo-vos um final de Festas de acordo com os vossos desejos.
Abraços.

José Xavier disse...

Olá António;

Todos esses elementos importantes da vida, são mais que motivantes e podermos participar nestas provas, com o objectivo de disfrutar os bons momentos que a vida nos proporciona.

Parabéns de estares assim no desporto.

Para voçês o nosso desejo de boas entradas em 2011.

dos Xavier's

MPaiva disse...

António,

Muitos parabéns por mais uma bela jornada de convívio atlético que, mais uma vez, elevou os valores da amizade entre tantos e tantos que adoram correr!

Desejo-te a ti e à tua família um Bom Ano 2011!

abraço
MPaiva