Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



terça-feira, 28 de junho de 2011

Areia, o treino, o poema...

O treino - Costa da Caparica, domingo, 27 de junho de 2011, 7 horas da manhã...
Dia de treino longo na areia, ida e volta até à lagoa de Albufeira, cedinho que o dia prometia ser quente e com isso era certo que muitos seriam os que tinham planeado passar o dia por aquelas bandas.
A ida - até à Fonte da Telha uma autêntica pista, depois as habituais e conhecidas dificuldades nos quilómetros seguintes, ao longo dos quase 15 quilómetros fui eu, a areia, o mar, as dunas, as gaivotas e pouco mais.
A volta - no regresso as mesmas dificuldades até à Fonte da Telha, também o cruzar-me com alguns companheiros, a partir da Fonte da Telha dificuldades acrescidas, milhares de pessoas à beira-mar, quase sempre tive que correr na areia solta, um constante desviar-me de autênticas barreiras formadas por pessoas, cheguei completamente derreado aos 29 quilómetros, altura em que parei de correr, continuei depois a passo.

O poema - Areia: VIII
...
Com o mar,
as curvas das ondas
e o dorso dum peixe ao luar
fiz uma deusa
que criou o mar.
...
(E depois deitei-me ao comprido
com o mistério resolvido.)

José Gomes Ferreira

2 comentários:

Alexandre Duarte disse...

E foste 30' + cedo que eu!
Aguentei até aos 28K e já tive de fazer corrida de obstáculos, tal era a concentração de pessoal na Costa.
Para a próxima temos de tentar conciliar os horários. Eu ñ me importava nada de ter ido + cedo e acompanhado a coisa resulta melhor.
Bons Treinos

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Grande António!

Um belíssimo treino!

Beijinho
Ana Pereira