Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



terça-feira, 3 de janeiro de 2012

4ª São Silvestre de Lisboa (Palavras).

No último dia do ano, dia de São Silvestre, Lisboa, a Magnífica, teve a sua São Silvestre, evento constituído por 3 provas, uma prova principal (10 km), uma mini (5km) e uma prova para crianças (dos 5 aos 11 anos), evento a pensar na família e não só no habitual corredor do pelotão o que é sempre de louvar.
A organização esteve a cargo do Clube Olímpico de Oeiras em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa e com o apoio técnico da HMS Sports Consulting.
A Praça dos Restauradores (depois do Rossio nas 2 primeiras edições e do Terreiro do Paço na 3ª edição) foi nesta 4ª edição o local de partida e chegada de todas as provas sendo que o percurso de 10 quilómetros constituído desta vez por uma só volta mas como habitualmente por algumas das artérias nobres da Baixa Pombalina apresentou a novidade de "visitar" pela 1ª vez a Praça Duque de Saldanha, último ponto de retorno e a partir do qual o percurso obrigava a correr rápido em direcção à meta, gostei bastante do desenho deste percurso e espero que o mantenham em 2012.
Estive em todas as edições da São Silvestre de Lisboa e esta 4ª edição foi de longe a melhor de todas e decerto que a próxima ainda poderá surpreender pela positiva.
Parabéns à organização e aos patrocinadores, Lisboa merece ter uma prova como a que tem, uma prova para todos aqueles que gostam de correr ou apenas de festejar a despedida do ano de uma forma diferente.
Venha a próxima em 29 de dezembro de 2012, o dia está desde já reservado aqui por casa.

A nossa participação:
A família voltou a marcar presença na São Silvestre de Lisboa, eu na prova de 10 quilómetros e a Vitória na São Silvestre da Pequenada com um objectivo claramente traçado e alcançado, o da pura diversão.
A Vitória depois de 2 anos a correr no escalão Bambis (crianças de 5 e 6 anos) fez a sua estreia no escalão Benjamins A (crianças dos 7 aos 9 anos), esteve bem a minha campeã.
Eu tal como há um ano tinha como único objectivo o de celebrar na última corrida do ano mais um ano de corrida e tal como em 2010 corri sem o meu "garmin", fiz a prova toda na companhia do amigo Mário Lima, durante alguns quilómetros tivemos ainda a companhia de outro companheiro e amigo deste admirável Mundo da Corrida, o José Lopes, 10 quilómetros que souberam a pouco.
Esta última corrida de 2011 é dedicada às 2 pessoas que mais amo na vida, a minha filha Vitória e a minha esposa Isabel.
Um Bom Ano de 2012 para todos.

2 comentários:

joaquim adelino disse...

Amigo António fico feliz por as coisas estarem a correr bem para si depois daquele "estúpido" acidente. As festas foram-se mas a vida continua e é assim que formulo vótos de um bom ano na companhia da família e dos amigos. Um beijinho para a Isabel e Vitória e para si caro amigo um forte abraço.

Mário Lima disse...

António

Li o que tinha escrito o ano passado sobre esta prova depois de ter colocado o meu tema. Realmente relato lá que não tinha gostado pois foi uma corrida solitária quando a intenção desta prova é estar com os amigos numa despedida do ano velho e dar aquele abraço por mais um ano passado e quase um viva ao novo ano que iria 'entrar' poucas horas depois.

Relembraste-te dessas minhas palavras e resolveste fazer essa prova comigo num gesto de companheirismo e de atenção.

Como o referi, foi a 1ª vez que alguém me disse o que digo a tantos companheiros, o fazer a prova com eles do princípio ao fim.

Foi isso que fizeste comigo, Obrigado por isso!

Grande Abraço e tudo de bom para ti, Vitória e Isabel. Foi bom voltar a ver-vos.