Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Cada vez menos...

Na continuação da minha cada vez menos frequente participação em provas terminei o ano de 2014 com apenas 17 provas nas quais corri 443,1 quilómetros.
Ainda assim foi um ano em que corri de novo uma distância de 3 dígitos (Millas Romanas de Mérida) e em que corri por 4 vezes a distância da maratona...
Bom mesmo foi o ter cortado a linha de chegada da Eco Maratona de Lisboa naqueles primeiros minutos do dia 22 de Junho (dia em que completei 52 anos) de mão dada com a minha menina de ouro que levava na outra mão uma pequena vela electrónica.
Um bom ano de corridas de 2015 para todos. 


[Clicar na imagem para ver melhor]

6 comentários:

Carlos Cardoso disse...

Muito bom o 2014. Que 2015 seja no mínimo tão bom quanto o que passou. Muita saúde. Abraço

Fernando Andrade. disse...

Olá, António.
Um excelente 2015.
Pois eu fiz 18 provas, mas menos Km que tu. E ainda nunca me aventurei aos 3 dígitos.
E olha que na Eco, lembro-me bem como passaste por mim nos últimos 2 Km infindáveis: ias levezinho e eu com uma grilheta atada a cada tornozelo.
Grande abraço.

Sérgio Pontes disse...

Muitos parabéns!!

joaquim adelino disse...

Poucas vezes nos encontrámos este ano, e a culpa foi minha porque praticamente deixei de correr em estrada. Este ano vai pelo mesmo caminho mas gostava de o encontrar aí em algum Trail ou eventualmente na estrada pois ainda reservo algumas que nunca deixarei cair. Para 2015 desejo-lhe um bom ano, também nas corridas que lhe corra tudo bem, por mim tenho um recorde a bater do ano de 2014 de mais de 1100 kms em 30 provas e gostava de o encontrar para as partilhar consigo e matar saudades da sua rapaziada, abraço.

Pedro Carvalho disse...

Foram poucas mas ainda nos cruzámos algumas vezes. E este ano vamos continuar a cruzar.
Forte abraço António.

Alexandre Duarte disse...

Estás a correr menos dizes tu Caro António. E fazes 18 provas em 1 ano. Bem, eu nem metade faço e estou aqui. Tornei-me muito esquisito nas provas que faço. Aquilo que para mim há 5 anos era básico, agora é altamente questionável. Isso de correr a contar Kms já foi chão ... Agora e cada vez mais é retirar o máximo prazer possível das horas que conseguir aguentar-me e manter-me mais ou menos em condições de repetir o feito, passados alguns meses. Desejo-te menos corridas e melhores jornadas para 2015. Abraço