Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



sábado, 2 de junho de 2007

2ª Corrida do Benfica.

No mês de Maio e depois das participações nas Corridas do 1º de Maio e Terry Fox (ambas no inicio do mês) e, de ter falhado a participação na Corrida Contra a Fome, embora estivesse inscrito na mesma (dorsal 666), no passado domingo, participei na 2ª Corrida do Sport Lisboa e Benfica, na distância de 10 quilómetros e que teve 1382 atletas classificados na meta.
Realizou-se também uma corrida de 5 quilómetros não competitiva e no âmbito no "ANO EUROPEU DA IGUALDADE E OPORTUNIDADES PARA TODOS", entendeu e muito bem a organização incluir nesta 2ª Corrida do Benfica, uma corrida em cadeiras de rodas, a qual permitiu a atletas portadores de deficiências participarem também eles neste evento desportivo.
Destaque-se como pontos francamente positivos os dorsais personalizados, a separação das partidas das corridas, a animação antes da partida com música da qual a mais tocada "Sou Benfica" dos UHF, a aula de aquecimento e os tambores dos Toca a Rufar, a continuação da animação durante a prova quando da passagem no interior do estádio e na zona da chegada (de novo os tambores dos Toca a Rufar), o percurso com marcação de quilómetros, o abastecimento a meio da prova (água) e no final (água, bebida isotónica e barra de cereais), uma t-shirt de boa qualidade oferecida no final da prova e um elevado número de participantes que mesmo aquém do esperado foi bastante significativo no conjunto das provas disputadas.
De aplaudir também a justa e merecida homenagem que a organização resolveu fazer à antiga atleta do clube da Luz, Rita Borralho.
Quanto à minha corrida e como habitualmente parti em ritmo lento, com o ambiente de festa e com o tempo fantástico para a prática da corrida atingi quase sem dar por isso o meio da prova o que aconteceu após a passagem no interior do estádio, momento sempre bastante agradável, quando nos cruzámos com os primeiros atletas que já se dirigem para a meta há incentivos a alguns deles mas a apoteose estava guardada para o momento em que nos cruzámos com Vanessa Fernandes, sem dúvida alguma hoje em dia admirada e respeitada pelos seus feitos atléticos por muitos e muitos Portugueses (dos que correm tenho a intuição que serão todos ou quase).
A partir do 7º quilómetro aumento ligeiramente o ritmo e termino sem grandes dificuldades em 47,39.
Domingo que vem e antes do período de férias no Algarve, Corrida do Oriente.

Sem comentários: