Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



domingo, 18 de maio de 2008

13ª Corrida Terry Fox.

Ontem participámos na 13ª Corrida Terry Fox, corrida/marcha de convívio de angariação de fundos para investigação em oncologia, que este ano decorreu sobre o mote "Não fique indiferente...Deixe a sua marca contra o cancro".
Fizemos uma volta a andar ao percurso (de nós os 3 a Vitória foi a única que correu), depois a mamã ainda fez mais uma volta, eu e a Vitória esperámos pela mamã junto ao palco onde estava instalado o mural onde cada um dos participantes era convidado a deixar uma mensagem, o que cada um de nós fez.

5 comentários:

Carlos Lopes disse...

vi uma princesa :)

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Que menina linda a correr e a "escrever". Que assim continue.

Beijinhos para vós

Ana Pereira

Ana Paula Pinto disse...

Fiquei a saber pelo seu blog que a Corrida Terry Fox já tinha acontecido.
Este ano não participei. Nem soube. Talvez fosse melhor assim.

Este muita gente?

Tem uma linda pequenita. Que bom que há gente a correr, a andar, a falar, a pintar, a dançar, ou... sei lá que mais, por uma boa causa. Contra o cancro, contra a fome, contra a guerra, contra qualquer injustiça social ou qualquer catástrofe natural é sempre um bom motivo. Mobiliza, normalmente, muita gente o que nos faz pensar que, afinal, o nosso mundo ainda é um mundo humano. E isso é reconfortante.

Se lá tivesse estado, também teria deixado a minha marca. "Acreditar sempre", para todos. Para a minha filhota "Serás sempre a nossa estrelinha"

Continuação de boas corridas.

Com amizade
Paula

mafavisi disse...

Miúda tão gira!!!
Beijos
Fátima

Fernando Andrade. disse...

Considero esta Corrida muito especial, pelo forte significado e sentido de solidariedade que ela representa. Já participei 3 vezes e este tipo de prova não competitiva "é cá das minhas" : cada um corre à velocidade que lhe apetecer e as voltas que quiser e, ao mesmo tempo, ajuda uma causa.

Este ano não fui, mas aplaudo todos os que lá estiveram.

Abraço.