Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Que bom que é "correr"...

"Entrei numa livraria. Pus-me a contar os livros que há para ler e os anos que terei de vida. Não chegam, não duro nem para metade da livraria. Deve haver certamente outras maneiras de se salvar uma pessoa, senão estou perdido".
Almada Negreiros

Cada vez que entro numa livraria dou por mim a pensar em como o Mestre Almada tinha razão.
Correr as livrarias do Chiado é algo que faço habitualmente durante a minha hora de almoço, algo para que ainda tenho conseguido algum tempo.
Tempo para a outra paixão, tão antiga como a leitura, tem estado mais difícil de conseguir durante os dias úteis da semana, tenho que compensar ao fim de semana, foi assim na semana que passou (apenas 1 treino na noite de quarta-feira e 2 no fim-de-semana), vai ser assim na semana que corre (hoje é quinta-feira e ainda não corri).
Assim “corre” a vida do corredor, a “correr”…decerto não muito diferente de outros companheiros de corridas, afinal a vida é feita a “correr” e que bom que é “correr”…
Abraço companheiros,
António Almeida

11 comentários:

luis mota disse...

Olá António!
Depois de um dia de trabalho, chuva, frio e a escuridão da noite afastam muitos da corrida.
A forma que encontrei de superar as dificuldades foi encontrar alguém que treine comigo. Tenho conseguido companhia. Para hoje, telefonei pela manhã a um amigo, já tenho companhia no treino.
Grande abraço,
Luís Mota

BritoRunner disse...

Olá António

Eu encontro-me na mesma situação, esta semana apenas vou conseguir correr amanhã (30'à hora de almoço) e depois o GP do Fim da Europa no Domingo.

Na Primavera pode ser que me atreva a correr depois das 20h00...:)

Abraço Desportivo
JCBrito

José Alberto disse...

Olá António,

Difícil este equilibrio.

Família, emprego, corrida, leitura...

Com um pouco de "jogo de cintura" lá iremos acudindo a todas as necessidades, para nosso bem estar e também de todos os que nos rodeiam.

Um abraço amigo

José Alberto

Anónimo disse...

Amigo
és um corredor de muitas corridas. não te preocupes que o balanceamento chega naturalmente. e as corridas no chiado são tão importantes como as outras.
força em todas as frentes.
abraço e beijos à família.
ab - tartaruga

ASG disse...

Pois é, nem sempre é fácil arranjar tempo, a companhia é sempre uma motivação e ajuda-nos a não arranjarmos desculpas!

Boas corridas (não são todas?),
Soraia

joaquim adelino disse...

Amigo António
Motivos indiáveis devem estar a impedi-lo de correr com regularidade. Vá fazendo o que se pode, porque quando voltar em força isso depressa vai ao lugar.
Um abraço para toda a família.

MPaiva disse...

Correr é, definitivamente, bom! Agora, a correria que temos da fazer fruto das nossas circunstâncias de vida é que já não é assim tão agradável.

grande abraço e boas corridas

MPaiva

João Meixedo disse...

à noite, meu amigo, na cama e já deitado, com duas almofadas (sim, sim eu sei, ai coitada da coluna...), adormecer com um livro nas mãos, sempre foi o meu treino preferido, ao longo de todas as idades, fases e estados de alma por que já passei.

Duarte Gregório disse...

só com muita disciplina e gestão do tempo é que é possível ainda arranjar tempo para as nossas corridas e não só.
b.f.semana

Mark Velhote disse...

Olá António,

Confesso que não tenho lido muito muito desde que comecei a dedicar tempo às corridas!
As minhas duas "Vitórias" ocupam todo o meu tempo livre e aproveito também algum tempo para passar pelos blogs dos meus amigos blogosféricos!

Abraço
Mark

PS: Ultimamente a solução que tenho encontrado é vir a correr do trabalho para casa!

António Almeida disse...

Companheiros
o meu muito obrigado pelas vossas palavras.
A solução do Mark é apetecível, desde que me deixem passar a ponte a correr.
Abraço a todos e voltem sempre,
António Almeida