Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



segunda-feira, 15 de junho de 2009

5ª Meia-Maratona da Figueira da Foz.

[clicar na imagem para ver melhor]

Em cima à esquerda: momentos antes da partida.
Em cima à direita: partida da prova de cadeiras de rodas.
Ao meio à esquerda: fase inicial da prova.
Ao meio à direita: eu a iniciar a segunda volta.
Em baixo à esquerda: a Vitória na zona de chegada.
Em baixo à direita: mais uma meta cortada.

Na passada quarta-feira participei na 5ª Meia-Maratona da Figueira da Foz, evento organizado pela Câmara Municipal da Figueira da Foz com o apoio técnico da Atlética, o qual integrou além da prova principal (meia-maratona), uma prova em cadeiras de rodas igualmente na distância (meia-maratona) e duas provas convívio ("mini-maratona" e "caminhada") com a distância de 4.000 metros.
A partida foi dada junto à Torre do Relógio sensivelmente às 10 horas da manhã, sendo que os primeiros a partirem foram os atletas em cadeiras de rodas não que sem antes tenham sido fortemente aplaudidos pelos restantes atletas e público presente.
Partiram depois os restantes participantes, incluindo os das provas convívio que uma vez mais foram fortemente participadas, já a prova principal registou apenas 191 atletas classificados na meta dos quais 180 eram do sexo masculino (94,24%) e 11 do sexo feminino (5,76%).
O mais rápido no sector masculino foi o atleta José Moreira (Cyclones Atlético Clube) com o tempo de 1h06'01'' que se superiorizou ao sprint ao atleta queniano Peter Kosgei (Nike) que terminou com 1h06'06''.
No sector feminino a mais rápida e folgada vencedora com quase 9 minutos de avanço em relação à segunda classificada foi a atleta queniana Prisca Jeptoo (Nike) com o tempo recorde da prova de 1h12'12''.
Na prova em cadeiras de rodas triunfou Alberto Baptista (ANACR) que completou a distância em 54'16'', atleta que é o recordista nacional na distância.

Na minha segunda participação na Figueira da Foz completei a prova em 1h42'23'' tendo-me classificado no lugar 122 da geral e em 21º lugar no meu escalão (Vet.III), escalão em que terminaram 26 atletas.
Correspondendo às minhas expectativas gostei bastante de ter participado nesta 5ª Meia-Maratona da Figueira da Foz, a qual esteve uma vez mais muito bem organizada e sem nada de relevante pela negativa a assinalar.
Foi um excelente início do período de 5 dias que se revelaram muito agradáveis e já com um "saborzinho" a férias...

Eu com a Vitória já depois da prova.

10 comentários:

luis mota disse...

Olá António!
Muitos parabéns por mais uma bela participação. Gostava muito de ter ido à Figueira mas o estudo está primeiro e optei por tirar a “barriga da miséria” perto de casa.
Também não irei às Fogueiras nem ao GP Ferroviário no Entroncamento, provas que gostaria muito de participar.
Cumprimentos para todos da família Mota.

Carlos Lopes disse...

Parabéns António, Estarei nas Fogueiras.

joaquim adelino disse...

Olá amigo António.
Muito bem, mais uma vez conseguiu conciliar a corrida e um bom convívio familiar.
Para a sua corrida também contou, e conta sempre, ter a família por perto e por isso também os bons resultados conseguidos, tal como este, resultam dessa proximidade tão cativante.
Fez uma excelente marca e nota-se que a cada prova as coisas estão bem melhores, parabéns por isso.
As fótos estão muito bonitas e ajudam a atenuar as saudades que já temos da sua bonita Princesa.
Um abraço para toda a família.

Ricardo Hoffmann disse...

António, mais uma bela participação. Numero reduzido de pessoas, atesta o alto nível dos atletas. Excelente tempo. Parabéns!

Carlos Lopes disse...

António, Isabel, Vitoria!! já não fumo vai pra 15 dias, é para comunicar

JOSÉ LOPES disse...

Olá

Parabéns

Mais uma prova concretizada, para o seu já longo curriculum desportivo.

Com os cumps
J.Lopes

José Xavier disse...

António;

Tenho passado pelos blogs dos amigos, em ritmo de escapadela. O trabalho e outras coisas familiares têm-me dado pouco tempo. Mas treinar continuo 2 ou 3 vezes por semana.

Vejo que vai continuando de meia em meia maratona e isso é muito bom.E com bons resultados.
Parabéns!

Nós temos programadas só mais 3 provas e depois férias em Portugal.
Mas mesmo nesse periodo há que não perder a forma totalmente, porque depois na volta, teremos um calendário bem recheado.

Um abraco amigo a toda a família.

José Xavier

Anónimo disse...

Boa boa
excelente tempo numa prova que adivinho (nuca tive o prazer de correr) muito agradável. e então com a soberba descrição ainda mais apetecível se torna.
abraço e bjs à família
AB - Tartaruga

Mário Lima disse...

António

Já fui várias vezes à Figueira da Foz para além daquela em que tive o percalço descrito.

Não me lembro de alguma vez ter ouvido falar desta prova, mas pela bela descrição que fez há que arranjar um lugar no calendário para no próximo ano lá estar.

E juntando o útil ao agradável mais uns dias aproveitando os feriados e assim se fazem mini-férias, sempro em desporto, sempre em família, vistando Portugal que tantos recantos bonitos tem.


Boa prova em Peniche onde estive o ano pssado e com pena minha este ano não estarei.

Come uma sardinha por mim naquele magnífico convívio que há depois da prova.

Um abraço extensivo a toda a família.

António Almeida disse...

Luís, Carlos, Joaquim, Ricardo, José Lopes, José Xavier, António e Mário
obrigado pela visita e pelas palavras, voltem sempre, é bom receber os amigos.
Abraço.