Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



sábado, 22 de agosto de 2009

10 dias que voaram...

Os 10 dias por terras Algarvias voaram...ficam as recordações de dias felizes e muita vontade de voltar para o ano.
Por terras Algarvias acabei por realizar 5 treinos sendo que o último, na manhã do passado domingo, foi mais um treino longo (2h50').
As férias vão ainda continuar e as idas à praia também, agora mais perto de casa...
Na nossa primeira ida à praia depois de voltarmos do Algarve aproveitei também para realizar um treino no areal sendo que ainda na fase inicial do mesmo encontrei o companheiro aqui da blogosfera Mário Lima que também realizava o seu treino no areal da Costa da Caparica.
Hoje mais uma ida à praia e ao final do dia mais um treino na areia.

8 comentários:

Susana disse...

Olá António, Isabel e Vitória!
Mas que maravilha de fotos!
E o bichinho da corrida sempre a acompanhá-lo até nas Férias, isso lembra-me alguém!
Beijinhos grandes para os 3 e cumprimentos da família

luis mota disse...

Olá Amigos!
Um bom resto de férias para vós. Cumprimentos da família Mota.

Joka disse...

Uau guerreiro, show !!! Boa curtição e bons treinos....

Carlos Lopes disse...

Essas ferias... bem eu queria ferias

MPaiva disse...

António,

Belas imagens as que nos deixaste a mostrar umas belas e merecidas férias.
Desejo um bom regresso à "vida normal" e que nos possamos encontrar brevemente!

abraço
MPaiva

joaquim adelino disse...

Amigo António
Depois das bonitas férias passadas a Sul e das excelentes recordações deixadas para mais tarde recordar, desejo que tudo continue assim até à retoma da vida normal e infernal a que de forma alguma podemos ignorar e deixar de enfrentar.
Agradeço o convite para o Parque da Paz mas durante esta Semana estamos amputados de um dos membros e assim não vai ser possível ir até lá com toda a equipa. Ficará para mais tarde.
Um abraço.

marius70 disse...

António

Como tudo na vida o que é bom acaba depressa. Como um dia escrevi num outro meu blog:

Tudo na vida tem um principio e um fim, um antes, um durante e um depois. Por mais voltas que se dê, por mais quilómetros que se ande, por mais vales, montanhas, rios, mares que se navegue, caminhos que se palmilhe é, certo e sabido, que o que nos espera é uma placa que diz… FIM. Depois, resta-nos a lembrança, essa que nunca morre a não ser connosco, que, durante um período lato da nossa existência, nos mostrará de novo a ponte romana, o rio Gilão, os Mundos Perdidos, as marinas, as praias, as Rias, os toques, os sons, o bulício das noites quentes, as cervejas que se bebem, o peixinho grelhado, os malabaristas, as marginais, o convívio e o olhar. Sim o olhar, esse olhar que tudo retém, que tudo memoriza, que nos dá o amor e o ódio, que nos dá essa sensação imensa da lonjura do oceano e das estrelas e, depois de tudo passado, de tudo acabado, só resta visualizar tudo isso nas gavetas da nossa memória e a convicção de que para o ano há mais, mas como eu gostaria neste momento, de novo,... Voltar prá ilha!

Pois é António, quantas vezes as férias acabam e fica a sensação de que tudo soube a pouco. Pelas tuas fotos e pela alegria da pequenina Vitória foram umas boas férias. Ainda bem!

Felizmente vamos correndo no areal da Costa (já o faço há mais de 15 anos) e enquanto o sol se mantiver brilhando de certo nos encontraremos lá mais vezes.

Um abraço!

JP disse...

Caro António, ainda não lhe agradeci o facto de por "sua" causa ter lido na íntegra o "Cemitério de Pianos", durante as férias. Que maravilha.
Bons treinos