Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

50 (VII - Orgulho).

Ano: 2012
Local: Condeixa, Portugal.


Hoje as palavras de corredor dão lugar a palavras de pai…
No último fim-de-semana estivemos por Terras do Sicó na ajuda possível aos meus companheiros da Associação Desportiva O Mundo da Corrida na prova III Trail do Sicó.
Domingo tive como tarefa estar num dos abastecimentos (o do Poço), tal como tinha acontecido em Portel (no Trail do Grande Lago) a Vitória mostrou vontade de me acompanhar e assim foi.
Foi uma bela manhã na companhia de alguns companheiros da associação e de pessoas da terra, também de muitos participantes entre os quais alguns conhecidos e amigos deste admirável mundo da corrida, uma manhã em que passaram pelo nosso abastecimento todos os participantes (mais de 1000 pessoas) e em que a Vitória esteve sempre disponível para encher os copos de água, para ir buscar mais pão, mais fruta, para ajudar…
Uma bela manhã a sentir como está grande a minha "menina de ouro", a sua vontade própria, a sua atitude responsável, a sua capacidade de criar amigos e cumplicidades, se bem que seja algo que não me surpreende por completo, enche-me de orgulho.
Em breve voltarei com palavras de corredor.

5 comentários:

joaquim adelino disse...

E que bonita ela está. Retive à chegada a satisfação com que me informou que tinha sido ela a fazer os cartazes para separar os homens das mulheres nos WC. Depois no Domingo foi um espectáculo, lá estava ela no abastecimento com os copinhos sempre cheios de água e numa altura bem atarefada pois os atletas do Mini Trail estavam a chegar e não havia mãos a medir. Mas as qualidades humanas estão e é isso que quero destacar, não é só um orgulho para o António é para nós também, que a temos visto a crescer e de quem eu particularmente gosto muito.

António Almeida disse...

Caro amigo
obrigado mais que pelas simpáticas palavras pelo orgulho partilhado, o Joaquim tem sido dos companheiros da blogosfera com quem mais temos partilhado este caminho no mundo das corridas desde há uns anos.
A família sente-se privilegiada por o ter entre o nosso grupo de amigos.
Grande abraço,
António Almeida

Mário Lima disse...

António

... E são merecidas as tuas palavras de Pai para a tua filha Vitória.

Está a crescer a miúda.

:)

Tanto no teu abastecimento como na parte final, a Vitória não tinha mãos a medir e foi ela quem me deu o queijo de Rabaçal que é uma delícia.

... E assim se vai vendo a tua filha crescendo. Tu e a Isabel podem-se orgulhar desta menina.

Grande Abraço e um grande beijinho para a Vitória!

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

É assim a Vida: vê-los Crescer!

Beijinho para os 3 aí de casa, António

Ana Pereira

António Almeida disse...

Ana e Mário
2 amigos das corridas, também de mãe, também de pai, que têm visto a Vitória crescer, (a Ana desde há muito...), obrigado pela palavras.
Abraço.