Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



terça-feira, 11 de junho de 2013

II Prova do Sal.

Organizada pela "Associação Alcochete Aktivo" e com os apoios da Câmara Municipal de Alcochete e Juntas de Freguesia de Samouco e Alcochete, decorreu na manhã do passado domingo a 2ª edição da Prova do Sal.
Este ano com o slogan "Correr no tejo…na outra margem", a prova de 10 quilómetros com partida e chegada na Praia dos Moinhos teve um desenho do percurso em sistema de ida e volta com o retorno junto ao cais do Samouco sendo a ida em trilhos de terra batida e a volta em areia com breves passagens pela água.
A prova limitada a 200 participantes teve 1720 atletas classificados na meta e uma organização, na minha modesta opinião, exemplar.

A minha prova a "correr": prova à porta de casa, prova na "nossa" margem Sul do Tejo, uma manhã de domingo sem Sol mas radiosa, os reencontros com os amigos, os de longa data, os mais recentes, os sorrisos, o aquecimento feito a brincar com a Vitória, a partida diferente q.b., os primeiros metros na areia durinha qual autêntica pista, o embicar para a esquerda, a areia bem solta, coisa pouca, os trilhos de terra batida ao longo das salinas, sempre a presença da água, trilhos fáceis, suaves, ao longo dos mesmos por vezes elementos da organização, de novo a areia bem solta, de novo a areia bem durinha, o cruzar com os que já estavam de regresso do ponto de retorno, receber o colar do controlo das mãos de uma jovem, beber um copo de água e seguir, cruzar-me com os que faziam o percurso anteriormente feito por mim, os incentivos aos amigos, soltar-me um pouco, correr dentro de água, meta já à vista, pegar na mão da minha menina de ouro, mais uma com o doce sabor a Vitória.   
Em 2014 espero continuar totalista.

  
Mais fotos da Isabel aqui.
Dados da minha prova:
Dorsal: 311
Distância: 10 km
Tempo: 49'28''
Classificação Geral: 65 (em 172)
Classificação Escalão (M45): 20 (em 59)

1 comentário:

Fernando disse...

Parabéns pelo sucesso e pelo relato apaixonante. Fiquei com imensa pena não poder partilhar os trilhos ao lado dos amigos. Saber que apreciaram já é gratificante.
Grande abraço.