Amigos das Palavras

Por decisão do autor deste blogue os textos do próprio não seguem o acordo ortográfico de 1990.



quinta-feira, 25 de outubro de 2007

27ª Corrida do Tejo.

No passado domingo participei na 27ª Corrida do Tejo, corrida disputada na marginal, entre Algés e Oeiras, numa distância de 10 quilómetros.
A partida marcada para as 10 h deu-se com um pequeno atraso.
Como em anos anteriores existiram as portas de partida (sub40, sub45, sub 48, restantes corredores) e os marcadores de ritmo (este ano com balões).
Ao longo do percurso existiram 2 abastecimentos, marcação dos quilómetros e vários pontos de animação musical.
Rui Silva no sector masculino, que já havia ganho em 2006, triunfou com o tempo de 29:05, à frente dos atletas espanhóis Chema Martinez e Jesus España, o campeão europeu dos 5000 metros.
No sector feminino triunfou Vanessa Fernandes com o tempo de 33:29 (29º lugar na geral), à frente das atletas Sandra Teixeira (que ganhou em 2006) e Inês Monteiro.
Seguiram-se os restantes milhares de participantes, dos quais 1444 eram do sexo feminino (20,15%), que deram o seu melhor e fizeram com que esta 27.ª Corrida do Tejo tivesse um razoável nível competitivo (quase 60 % dos participantes concluíram os 10 quilómetros abaixo da 1 hora).
A corrida deste ano com o limite de 8500 inscrições que esgotaram bastante tempo antes do dia da prova, teve 7165 atletas classificados na meta, faltaram pois à chamada 1335, o que representa 15,71%, percentagem que sendo inferior ao do ano passado (em 7000 inscritos concluíram então 5209, sendo que os 1791 “faltosos” representaram então 25,59 %), é mesmo assim uma percentagem bastante alta, difícil de entender sabendo que a inscrição para esta prova não é das mais baratas.
Será que existem os que se inscrevem só para ter direito à t-shirt?
T-shirt que tinha uma bonita cor laranja, e nas costas impresso o slogan desta edição, “Corre como nunca o fizeste antes”, alusão ao Nike+, produto inovador que permite a ligação de alguns modelos dos ténis Nike ao iPod.
Ainda em relação à t-shirt pareceu-me que os modelos estavam trocados (as de homens seriam as das senhoras e vice-versa), repito, pareceu-me...
No final cada participante recebeu um saco com uma água, uma bebida isotónica e uma barra de cereais. Cada participante recebeu também uma medalha da prova.
Em várias tendas os participantes tiveram ao dispor fruta, bolachas e gelatinas.
Esta Corrida do Tejo é uma prova que se faz sempre com muito agrado, bem organizada, com várias inovações, muito participada e sempre com um grande clima de festa à volta da corrida.
Uma referência final para louvar o comportamento das muitas pessoas que estavam a assistir e a aplaudir com bastante entusiasmo a passagem da corrida.

A minha corrida correu dentro do que eu esperava, em dia muito soalheiro foram 10 quilómetros entre Algés e Oeiras a correr ao lado do Tejo “saboreando” o que para mim, esta corrida tem de melhor, a vista espectacular.
Após o tiro de partida fiz os metros iniciais a andar, quando passei pelo local de partida já ia a correr, embora em ritmo lento, assim continuei até conseguir ver os meus acompanhantes (Isabel, Vitória, e os tios Ana e Manecas), saudei-os, passei por eles e bati na mão da Vitória, logo depois tentei encontrar o meu ritmo, fiz o 1º quilómetro abaixo dos 5 minutos, tentei depois aumentar um pouco o ritmo, passei à légua com 23:25, terminando com 45:47 (segunda légua em 22:22), com uma média final de 4:38 por quilómetro. Classifiquei-me no lugar 1137 (concluíram 7165 atletas).

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Corre como nunca o fizeste antes.

No próximo Domingo disputa-se a 27ª Corrida do Tejo, participarei na mesma com o dorsal 5602 e será a minha terceira Corrida do Tejo (anos de 2005 a 2007).
A "nossa" grande campeã Vanessa Fernandes vestirá a camisola com o dorsal número 1.
As 8500 inscrições disponíveis para esta prova esgotaram pelo que é de esperar que os cerca de 5209 atletas classificados na meta no ano anterior sejam largamente superados na edição deste ano.
Os já habituais treinos de preparação para esta corrida decorreram nos últimos quatro sábados no Estádio Nacional, nos quais estiveram presentes atletas do mais alto gabarito (Sandra Teixeira, Rui Silva, Francis Obikwelu e Vanessa Fernandes).
Como em anos anteriores dentro de dias os participantes poderão levantar gratuitamente o seu diploma de participação e um vídeo da corrida.
Na edição deste ano de assinalar com agrado que a t-shirt dorsal serve de bilhete de comboio ao contrário dos anos anteriores em que era necessário carimbar um "voucher" o que originava filas infinitas.
Também de assinalar mais uma inovação na edição deste ano que consiste na possibilidade de os participantes dentro de dias poderem visualizar em vídeo o momento em que cortarem a meta.
Domingo certamente que se vai manter o alto nível que esta corrida atingiu nos últimos anos.
Segundo as previsões o tempo estará bom ao contrário do ano passado em que era anunciado um temporal para o dia da corrida, o qual felizmente "atrasou-se" permitindo à grande maioria dos participantes concluírem ainda antes de começar a chover.
Para todos aqueles que vão participar nesta prova "Corram como nunca o fizeram antes".
Até domingo...

As minhas participações na Corrida do Tejo:

25ª Corrida do Tejo (23 de Outubro de 2005)
Foi uma das duas provas que corri durante ao ano de 2005 (a outra foi a "mini" da Ponte 25 de Abril), foi também a primeira vez que a Vitória se viu metida nestas "andanças", as quais lhe despertaram bastante curiosidade.
Corri com o dorsal 5144 e conclui com o tempo de 52:56 (o meu pior tempo na distância dos 10 quilómetros), média de 5:17 por quilómetro, classificando-me no lugar 2132 (concluíram 4501 atletas).

26ª Corrida do Tejo (22 de Outubro de 2006)
Em dia de anunciado e propagado temporal que felizmente deu tréguas durante a corrida, corri com o dorsal 4831 e conclui com o tempo de 47:28, média de 4:45 por quilómetro, classificando-me no lugar 1324 (concluíram 5209 atletas). Um grande beijo apaixonado para a Isabel que neste dia quase me meteu fora de casa face à minha indecisão.

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Dia de treino longo.

No passado domingo realizei mais um dos treinos de eu mais gosto, um treino longo, corrida a baixo ritmo durante um tempo nunca inferior a 1h30.
Este ano tenho tentado realizar este tipo de treino uma vez por semana, o que tenho conseguido na grande maioria das semanas.
Nalgumas semanas tenho indo até à 1h45-1h50.
No passado mês de Agosto realizei 1 treino de 2 horas, foi num sábado e a Baia do Seixal testemunhou esse dia feliz, há mais de 20 anos que não corria durante tanto tempo seguido.
O do passado domingo embora só de 1h30 foi realizado num dos cenários em que eu mais gosto de correr, na praia à beira-mar (Costa de Caparica – Fonte da Telha).
Terminei este treino do passado domingo na mata do Inatel onde tinha a Vitória à minha espera.
§

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Escapadinha ao Alentejo.

Aproveitando o feriado do passado dia 5 de Outubro demos uma "escapadinha" ao Alentejo. Ficámos alojados no Hotel Convento D' Alter (em Alter do Chão), um antigo convento Franciscano do Século XVI.
Durante o dia de sábado visitámos Castelo de Vide (localmente chamada de "Sintra" do Alentejo), Marvão (onde decorria o 2º Festival Islâmico) e, Portalegre.
Domingo levantei-me cedo e corri durante 1h15 pelos arredores de Alter do Chão (em Alter Pedroso, aldeia situada a cerca de 3 quilómetros e cuja origem remonta à Idade do Ferro, desfrutei de uma vista soberba sobre a planície e sobre Alter do Chão). Durante o dia visitámos a Coudelaria Alter-Real.

ALTER DO CHÃO

CASTELO DE VIDE

MARVÃO

COUDELARIA ALTER-REAL Tudo sobre a Coudelaria Alter-Real aqui.